quinta-feira, 23 de maio de 2019

Santa Casa de Sobral realiza reunião para tratar da implantação da Residência Multiprofissional em Oncologia

Momento da reunião do GT para tratar da implantação da Residência Multiprofissional em Oncologia na Santa Casa
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), através do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE), juntamente com Grupo de Trabalho (GT) das Residências Multiprofissionais/SCMS-Uninta, realizou reunião para tratar da implantação de uma Residência Multiprofissional em Oncologia. O momento contou com a participação de profissionais das várias categorias da área da saúde que desempenham atividades no hospital, bem como de preceptores e tutores do Centro Universitário INTA (Uninta).
O momento foi conduzido pelo Prof. Henrique Linhares (Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão/DEPE) que explanou acerca da reunião. "O GT está organizando e trabalhando este projeto político pedagógico que será enviado à Comissão Nacional de Residências Multiprofissionais em Saúde (MS/MEC) e objetivo é implantar mais um Programa de Residência Multiprofissional, em Oncologia, na Santa Casa a partir de 2020", ressalta Prof. Henrique Linhares. O momento contou com a presenças da Profª Drª Michelle Alves (Diretora do Centro de Carreira da Saúde/Uninta) e demais coordenadores da Uninta.
Oncologia
Foto Acelerador Linear d Santa Casa de Misericórdia de Sobral (Arquivo)
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral é referência para toda região Norte no tratamento do câncer, especialmente em tecnologia avançada como  o Acelerador Linear em uso no hospital. Atualmente,  o serviço de Oncologia (especialidade da medicina que estuda as neoplasias benignas e malignas- tumores) vem passando por uma série de melhorias estruturais e de processos assistenciais. “Houve uma reestruturação a nível desse serviço. Organizamos a parte de laboratório, estamos com três equipes cirúrgicas. Hoje a população não vai encontrar ingerência de ninguém. O serviço está funcionando via Sistema Único de Saúde, via regularização de leitos e com equipamentos modernos de alta tecnologia”, destaca Dr. Sávio Arcanjo, diretor técnico da Santa Casa.  
Matéria: Vanderley Moreira (Jornalista)

Alopécia - Dr. Mário Timbó (Médico Dermatologista)

Chama-se alopécia androgênica a queda de cabelos por causas genéticas, a que geralmente acomete os homens com propensão a isso. Essa disfunção ocorre por conta do hormônio masculino testosterona, produzido desde a adolescência e que estimula os folículos pilosos. A ação do hormônio nos folículos pilosos dos homens com predisposição genética, sofre a influência de uma enzima e passa a promover a diminuição progressiva dos folículos e os fios vão se tornando menores e mais ralos, resultando no rareamento dos cabelos, a princípio na parte superior e frontal da cabeça.
"Dr Mário Timbó, porque sua pele merece o melhor"
Dr. Mário Timbó, dermatologista, CRM: 9879 - RQE: 6790

Dr. Mário Timbó, CRM 9879; RQE 6790 - Avenida Dr. Figueiredo Rodrigues, 573, Centro-Sobral. Formado pela Universidade Federal do Ceará, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

 

Banco de Leite do HRN promove campanha no Dia Mundial de Doação de Leite Humano

Na semana do Dia Mundial de Doação do Leite Materno (19 de maio), o Hospital Regional Norte (HRN), do Governo do Ceará, administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), promove campanha de incentivo à doação de leite. O Banco de Leite do HRN também é uma das instituições participantes da Semana do Bebê, organizada pela prefeitura municipal de Sobral e parceiros, de 18 a 24 de maio. O HRN é referência no atendimento neonatal e tem um Banco de Leite Humano responsável pela coleta, pasteurização e distribuição do leite materno para os bebês internados. Por mês, só para a UTI Neonatal, são necessários 40 litros de leite materno. No entanto, a média obtida é de 15 litros doados a cada mês. Segundo a coordenadora do Banco de Leite do HRN, a nutricionista Samara Andrade, a demanda é constante para atender os bebês internados no hospital.
A Neonatologia do HRN contempla um total de 44 leitos, com 10 leitos na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e 25 na Unidade de Cuidados Intermediários Convencional (UCINCo), além de nove na Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa). “Precisamos priorizar os bebês mais graves porque não temos estoque suficiente para todos”, explica Samara Andrade. Pode ser doadora toda mulher que amamenta. Para doar, basta estar saudável, não fumar, não usar álcool ou drogas e não tomar medicamentos que interfiram na amamentação. “Muitas vezes as mães, em virtude da prematuridade dos bebês, não conseguem produzir leite suficiente. Precisamos da doação das mães que estão saudáveis em casa. Durante os três primeiros meses do bebê, principalmente, a produção de leite é muito maior do que a necessidade da criança. E então o excedente pode ser doado”, ressalta Samara Andrade.

Fonte: Assessoria de Comunicação HRN

Nova cola cirúrgica pode curar feridas fatais em 20 segundos

Cientistas conseguiram desenvolver uma cola cirúrgica que pode curar ferimentos fatais, ou pacientes com sangramentos na mesa de cirurgia, em apenas 20 segundos, como mostra o vídeo abaixo.

Trata-se de um bio-gel que reduz drasticamente o tempo de recuperação do paciente e pode ser usado para salvar as vidas de feridos em zonas de guerra e acidentes graves.

A revista científica Nature chamou o hidrogel hemostático de “fortemente adesivo para o reparo de hemorragias arteriais e cardíacas”.

Quando ativada por luz UV (ultravioleta), a “bio-cola” forma imediatamente uma vedação completa, mesmo em tecido úmido, sem a necessidade de grampos ou pontos.

A pesquisa
Os pesquisadores conseguiram fechar incisões e buracos de até 6 milímetros de largura nos vasos sanguíneos e órgãos de porcos em menos de 30 segundos.

Depois, três dos porcos foram monitorados por um período de duas semanas e todos tiveram uma recuperação completa sem anormalidades, nem efeitos colaterais.

O professor Hongwei Ouyang, autor do estudo, espera que o gel esteja disponível para uso humano daqui a três ou cinco anos.

“O sangramento incontrolável é um grande problema em procedimentos cirúrgicos e após grandes traumas”, explicou Ouyang, especialista em terapia regenerativa da Escola de Medicina da Universidade de Zhejiang, em Hangzhou, China.

“As substâncias coagulantes existentes hoje controlam mal a hemorragia de feridas arteriais e cardíacas traumáticas devido à sua fraca adesão aos tecidos húmidos e móveis.”

Como

O novo bio-gel, no entanto, contém água, gelatina e um coquetel de produtos químicos que são injetados no tecido lesionado.

Esses componentes ajudam a imitar a estrutura de suporte das células chamada de “matriz extracelular”, uma composição complexa de proteínas e outras moléculas. Quando exposta à luz UV, a cola se ajusta rapidamente.

“Após a irradiação UV, os compostos orgânicos na interface hidrogel do tecido reagem com grupos amino das proteínas do tecido, formando fortes ligações”, diz Ouyang. “O hidrogel acionado é como borracha. Podemos até dizer que é como um tecido conjuntivo.

“Os componentes e propriedades mecânicas do hidrogel imitam os dos tecidos moles humanos.”

As soluções baseadas em gel exigem forte adesão ao tecido úmido e a força para resistir à pressão alta e ao movimento de um coração batendo – mas muito poucos materiais atóxicos atendem a esses critérios, diz Ouyang.

“Este hidrogel pode passar por um rápido ajuste para aderir e selar as artérias e paredes cardíacas após a irradiação com luz ultravioleta.

“É a primeira vez que o sangramento de alta pressão do coração batendo com furos de penetração cardíaca de 6 mm de diâmetro foi rapidamente interrompido.”

“Ele pode ser facilmente aplicado em qualquer condição e pode impedir qualquer sangramento grave que os atuais produtos de gel médico não possam parar.”

Mais estudos estão sendo planejados para confirmar a segurança da cola em humanos.

“O próximo passo é terminar os dados pré-clínicos e obter aprovação oficial para um ensaio clínico”, diz Ouyang.
Com informações da Nature e GNN

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Curso de Medicina de Sobral da UFC forma a sua 18ª Turma

18ª Turma do Curso de Medicina de Sobral da Universidade Federal do Ceará 2019.2
Nesta quinta-feira (23/05), o Curso de Medicina de Sobral da Universidade Federal do Ceará (UFC) estará formando a sua 18ª Turma. Os sentimentos deste momento são os mais diversos; satisfação e dever cumprido para aqueles que fazem a Instituição, determinação e vitória para os futuros médicos, e a explosão de felicidade e a certeza do dever cumprido por parte de pais e mães. 
Enfim, um momento para celebrar e agradecer a Deus pelo término da caminhada exitosa. Como forma de expressão do momento, o Blog Encontro Com a Saúde traz três depoimentos de alunos da 18ª Turma, um  do Dr. Gebson Lopes, outro da Drª Eugenia Magalhães e o da Drª Dandara Bevilaqua, que sintetizam toda a "balbúrdia" de sentimentos e o fim da primeira etapa da formação médica. 
***
Drª Eugênia Magalhães
Hoje (21/05) é meu ÚLTIMO DIA COMO INTERNA! E vai ter textão sim! Cresci com o ensinamento de que o que é mais valioso na nossa vida é NOSSA HISTÓRIA, que cada dificuldade engrandece e tudo te fortalece. Pois bem, me orgulho da minha origem humilde, dos sacrifícios inúmeros dos melhores pais que poderia ter (Ortan e Lucilene) e que mesmo com as dificuldades financeiras (inúmeras), sociais e pessoais, jamais me impediram de sonhar alto. Devo tudo aos meus pais, a eles dedico minha vida inteira! Orgulho-me dos meus anos de cursinho, das quase aprovações... pois elas me trouxeram à faculdade dos meus sonhos, minha Famed Sobral. Orgulho-me do meu internato, em especial, na Santa Casa de Misericórdia de Sobral e agradeço a cada um daqueles que dela fazem parte, a Santinha foi minha segunda casa e me ensinou mais do que eu poderia imaginar, além de medicina, me ensinou sobre amor no sentido mais puro que existe. E, por fim, finalizo com o orgulho da minha cidade do interior do Ceará, minha Varjota (com essa foto de sua bandeira linda). Saí de Varjota com um sonho; volto com a realidade: Médica pela UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. ObrigadaDeus. 
***
Dr. Gebson Lopes
Hoje (21/05) me despeço desta casa. Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Entre os seus muros e paredes, tão antigos que parecem labirintos aos desacostumados, vivi momentos que me marcarão enquanto eu respirar. Foi estar presente no nascimento, vida e morte. Como descrever? A emoção. O choro aliviado de uma mãe ao dar à luz, o eco de uma vida faminta que acabara de chegar ao mundo, o pranto de tristeza daquele que perde um ente querido. As boas e más notícias. O sucesso e o sufrágio de cada tentativa terapêutica. O limite. A frustração. A exaustão. O momento de parar de insistir e deixar a natureza cursar o seu rumo. Aceitar. Crescer. A graciosa sensação de aprender, de tornar-se algo. Construir. A caridade. A pobreza. Lidar frente a frente com a realidade de quem sequer sabia assinar o próprio nome. Reclamar. Vibrar. Surpreender. Os livros tentam nos preparar para ser médico, mas ser médico vai muito além da teoria. Nós nunca estaremos plenamente preparados, pois todo dia estamos diante de algo novo. Meu muito obrigado a cada paciente, colega, residente, professor e funcionário. Amanhã terei um diploma nas mãos porque vocês existem.
***
Último dia (21/05) como interna nesse lugar que a gente realmente passa a chamar de casa! Com pessoas que chamamos de família! Deixei muitas lágrimas escorrerem (e ainda venho deixando) desde ontem.. mas não de tristeza.. não tem como ficar triste.. mas a saudade já tá enorme! Principalmente de cada uma dessas pessoas que passaram por nós, e que de alguma forma contribuíram pra nossa formação.. a cada “despedida” um aperto no coração 🥺😢 o maior conforto é saber que pra muitos é, na verdade, um até logo 🙏🏼🙌🏼 Se Deus quiser voltarei em breve pra nossa santinha, pra esse lar chamado maternidade💗
A vontade é de não ter que me despedir de nenhum colega, de não que que ver ninguém pegar ônibus ou avião, mas a gente engole seco o egoísmo junto com as lágrimas e torce pro sucesso de cada um ser tão grande, mas TÃO GRANDE, que o retorno seja breve, seja com frequência, e seja cheio de alegria! Que os laços de amizade formados durante esses 6 anos jamais se desfaçam 🙏🏼 temos muito a partilhar ainda! E aos meu mestres, só tenho a agradecer! E desculpa gente, sou nativa, vou perturbar muito todos vocês 🙈
A contagem regressiva deu uma acelerada e em 2 dias seremos médicos pela Universidade Federal do Ceará 👩🏽‍🎓🥂🍾
Uma mistura de gratidão, medo e ansiedade! Um frio na barriga inevitável, mas a certeza de que os planos de Deus são os melhores possíveis, e que tudo foi colocado nas mãos Dele desde o início, então no fundo tem uma voz avisando que tudo dará certo! 🙏🏼
(Você olha pra trás e vê o quão difícil foi chegar até aqui, quantas batalhas vencidas nesses 6 anos, tanto estresse, tanto choro, tanta noite não-dormida. E aí você comemora muito! 🌟 E então você olha pra frente e vê que, na realidade, a sua caminhada, tá só começando. Com uma responsabilidade MUITO maior. Com mais dificuldades. Só que você sonhou por isso a vida inteira. Então vamos fazer valer nosso sonho✨✨❤️)

Encerram amanhã (23/05) as inscrições de resumos para a 19ª Jornada de Enfermagem da Santa Casa de Sobral





A XIX Jornada da Enfermagem, IV Jornada Multidisciplinar e o II Fórum de Pesquisa da Santa Casa de Misericórdia de Sobral será realizada nos dias 04, 05 e 06 de 2019. Neste ano, o evento traz como tema central A equidade como princípio norteador das práticas em saúde.

Para maiores detalhes faça o download do edital em PDF aqui.

Registro do café da manhã da direção do Hospital do Coração com seus Enfermeiros e Enfermeiras

O Blog Encontro Com a Saúde recebeu o registro da homenagem prestada pela direção do Hospital do Coração de Sobra às suas enfermeiras e enfermeiras, pela passagem do dia do enfermeiro, 15 de maio. Na ocasião, Dr. Joaquim David Neto reuniu toda a equipe de enfermagem, quando foi servido um café da manhã, para parabenizar e agradecer pelo empenho e dedicação destes profissionais ao hospital. "Parabéns a todos os Enfermeiros. Profissionais essenciais em todo e qualquer serviço de Saúde".

Câncer no Pâncreas - Dr. Diego Bezerra (Cirurgião Geral - Cirurgião Oncológico)


Por não ter sintomas, o câncer de pâncreas costuma ser descoberto em estágio bastante avançado. Mas pesquisadores americanos e chineses estão trabalhando no desenvolvimento de um teste que permitirá a detecção precoce do câncer de pâncreas por meio do plasma sanguíneo. A diferença no período de detecção poderá trazer esperança para muitas pessoas. A estimativa é de que o novo procedimento esteja disponível dentro de dois ou três anos. Até lá, previna-se com foco nos principais fatores de risco: consumo de fumo e bebidas alcoólicas, além de sedentarismo. Mova-se!

Consulte um Especialista

visite o site: http://www.drdiegobezerra.com.br/

Parabenizando ainda os profissionais Técnico e Auxiliar de Enfermagem pelo dia 20 de Maio


Dica da Clínica Fides sobre vitaminas importantes para o corpo

A vitamina C é fundamental para o fortalecimento do seu sistema imunológico, já a A é conhecida como a "vitamina da visão". As vitaminas do completo B ajudam na produção de células sanguíneas, entre outros. A E é grande aliada contra doenças cardíacas. A K é responsável pela coagulação sanguínea, e a D, auxilia no depósito de minerais no organismo, como o cálcio.
Apesar de serem apresentados sintomas clássicos quando estamos com deficiência de vitaminas, a única forma de comprovar é por meio de exames.
Compartilhe essa notícia com seus amigos. Espalhe mais saúde. Acesse nosso site: www.clinicafides.com.br
Nossos Contatos - (88) 99217.1313 | (88) 9 9989.7900 | (88) 3614.3783

terça-feira, 21 de maio de 2019

Santa Casa realiza capacitação em segurança do trabalho para os colaboradores da cozinha do Serviço de Nutrição

A Santa Casa de Misericórdia de Sobral, através do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), com apoio do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE), realizou nos dias 14 e 17 deste mês, o curso de Capacitação NR12 que diz respeito  à segurança no trabalho em máquinas e equipamentos em ambientes da cozinha hospitalar. O momento foi conduzido pelo engenheiro de segurança do trabalho do SESMT, Ramon Fontenele, com a participação do técnico de segurança João Neto do SESMT. Na oportunidade, foi destacada a importância da prevenção de acidentes em ambiente da cozinha hospitalar, observando o manuseio de facas, de máquinas de cortes, cafeteiras, liquidificador, caldeirões, fogões, moedor de carne, fornos industriais.
Manutenção
 Também foi ressaltada a importância do cuidado e manuseio dos registros de gás GLP, além do uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual),  e atenção redobrada ao piso molhado, bem como o zelo e a manutenção dos equipamentos do setor. Na ocasião, foi lembrado o novo momento pelo qual passa a cozinha do hospital. "Hoje com a nova direção foram adquiridos novos equipamentos para a cozinha da nutrição e foi reformado o piso, o teto, as tubulações de gás, as instalações elétricas, tudo isso visando melhorar os processos de trabalho e segurança, bem como oferecer o melhor atendimento no refeitório para os pacientes e visitantes", ressalta João Neto, técnico da SESMT/SCMS.
Informações: João Neto (Tec. Seguranaç do Trabalho/SESMT-SCMS)

É importante conhecer o seu tipo sanguíneo. Procure o Laboratório Clínico de Sobral


Saber o tipo sanguíneo é muito importante para todos. Em caso de acidente ou doença grave, a vítima deverá receber o tipo compatível se for necessário fazer transfusão. Com a amostra de sangue do paciente, é realizado alguns testes para descobrir se o paciente é tipo A, AB, B ou O.
Através da realização do fator Rh é feito a discriminação entre positivo e negativo. Venha realizar seus exames aqui no Laboratório Clínico de Sobral. Estamos lhe esperando, porque Nós somos os grandes responsáveis pela confiança de nossos clientes.

Realize seu exame no Labotatório Clínico de Sobral
Laboratório Clínico de Sobral sempre preocupado com você e a qualidade de seus exames!


Visite a unidade ao lado do North Shopping Sobral


Ivo Gomes quer zerar reclamações por falta de medicamentos nos postos de saúde o quanto antes

Prefeito Ivo Gomes está satisfeito com os resultados obtidos com a implantação do novo sistema de gerenciamento de medicamentos por parte da secretaria municipal da Saúde. Em conversa com o Blog Sobral em Revista, o alcaide sobralense disse aguardar apenas a chegada de um novo lote de medicamentos, ainda neste mês de maio, para zerar a falta dos remédios que compõem a ‘cesta básica’ ofertada pelo município. “Depois disso, e com mais alguns ajustes na gestão desse sistema, não quero mais ouvir falar nesse assunto. Vou me dedicar a outros problemas. Esse será página virada”, disse em tom de desabafo.
Fonte: Blog Sobral em Revista

Incontinência urinária no idoso - Drª Juliana Martins (Médica Geriatra) - Instituto Neurológico São Lucas)

Não é normal! A incontinência urinária é a perda involuntária de urina, levando a uma limitação importante na vida social, psicológica e física dos idosos. Apesar de atingir de cerca de 20 a 30% dos idosos, estes dificilmente trazem a queixa, seja por constrangimento ou pela crença de que seja um problema relacionado à idade e por isso não haja tratamento. As causas são inúmeras, como infecção urinária, uso de medicamentos, diabetes, doenças cardíacas e neurológicas, doenças da próstata, prolapso genital (exteriorização da bexiga, útero ou reto) dentre outras. Importante a avaliação geriátrica pois as causas podem ser múltiplas e o tratamento pode envolver prescrição ou suspensão de medicamentos, fisioterapia e até tratamento cirúrgico.



Drª Juliana Martins - Geriatria / CRM 12113 / RQE 9329
Marque sua consulta: (88) 36772310 ou 36772311
Rua: Maestro José Pedro, 407 - Centro - Sobral-CE
(Instituto Neurológico São Lucas) - 





SERVIÇO



segunda-feira, 20 de maio de 2019

Serviço de Gestão de Leitos colabora para que pacientes recebam atendimentos e tratamentos qualificados na Santa Casa de Sobral

Com 18 leitos, sala de recuperação da Santa Casa passa por reformas e, taxa de permanência diminuiu por meio da regulação realizada pela gestão de leitos
Serviço de Gestão de Leitos colabora para que pacientes recebam atendimentos e tratamentos qualificados na Santa Casa de Sobral
Sendo referência em 55 municípios da região e, com um total de 355 leitos cadastrados, divididos nas várias unidades de internação do hospital, regulação norteia os casos que devem ser atendidos pela Santa Casa de acordo com suas especialidades

Sendo responsáveis pela regulação externa de pacientes para a Santa Casa, trabalhando de acordo com princípios do SUS (Sistema Único de Saúde), a equipe da gestão de leitos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) garante junto com a equipe de plantonistas, que os pacientes sejam regulados de acordo com as áreas de referência que o hospital possui, contribuindo assim para um melhor atendimento e tratamento especializado para o paciente. A gestão de leitos também organiza as transferências internas, priorizando a regulação das UTI’s (Unidades de Terapias Intensivas), da sala de recuperação pós-anestésico e da emergência adulta em busca de um serviço de qualidade.
Segundo a enfermeira coordenadora da gestão de leitos, Adelane de Paula Sousa, a recepção de pacientes externos na Santa Casa deve contar com uma regulação direcionada às áreas de referências em Cirurgia Geral, Traumato-Ortopedia, Gineco Obstetrícia, Neurologia e Neurocirurgia, Oncologia e Terapia Renal Substitutiva: “Nós nos preocupamos com quem está fora do hospital e, necessita vir para a instituição. Recebemos regulação e pacientes via Unisus. Esses pacientes que estão em um dos hospitais dos 55 municípios que a Santa Casa atende, podem ser regulados para o hospital obedecendo os serviços em que somos referência”, enfatiza.
Transferências internas
 
Parte da equipe da gestão de leitos: Adelane de Paula Sousa, coordenadora, e os auxiliares de escritório, Fabrício Carvalho e Maria Ciliane Dionísio
De acordo com Adelane de Paula, todas as transferências internas passam pelos serviços da gestão de leitos: “A partir dessa centralização, conseguimos ter um controle da real demanda do hospital. Então não é a algo que beneficia um ou outro paciente, e sim nós conseguimos ter uma visão centralizada de todos os pacientes que necessitam de vagas e assim, conseguimos fazer esse remanejamento para os setores”, destaca.
Dar vasão aos leitos das UTI’s é a primeira prioridade da gestão, pois garante que outras vagas possam surgir para pacientes que apresentem necessidades. Outra prioridade é a regulação da sala de recuperação pós-anestésico e a permanência dos pacientes na mesma, uma realidade que segundo Adelane já começa a apresentar resultados positivos: “Atualmente, a sala conta com 18 leitos e, quando nós assumimos essa regulação tínhamos em média uma taxa de ocupação de 95% e, em alguns momentos do dia, picos em até 200%.  Estamos trabalhando para que os pacientes fiquem apenas o tempo mínimo, e de lá sejam encaminhados para outro serviço. Assim, conseguimos diminuir em cinco meses de trabalho tanto o tempo de permanência, que antes era de 23 a 24 horas, e hoje apenas entre 12 e 13 horas, como também a taxa de ocupação que por mês chega hoje a apenas 51%. Então isso foi o primeiro resultado que temos conseguido e, queremos melhorar, diminuir mais esse tempo de permanência”, enfatiza a coordenadora da gestão de leitos. 
Dr. Klebson Carvalho, Diretor Geral da Santa Casa de Sobral
A emergência adulta também é uma prioridade para a equipe de gestão de leitos, de acordo com Adelane de Paula, é a porta de entrada do hospital e recebe uma demanda enorme de atendimentos por dia: “Precisamos ter um espaço que acolha esses pacientes. Precisamos dar vasão aos pacientes que necessitem ficar internados, para que eles fiquem o mínimo de tempo possível dentro da emergência. Estamos trabalhando para melhorar nossos indicadores dentro do serviço, alguns já se iniciaram mas estamos ainda em processo com algumas melhorias”, ressalta ela destacando que as melhorias são possíveis graças ao apoio da direção, na pessoa do Dr. Klebson Carvalho, da diretoria técnica, na pessoa do Dr. Saulo Arcanjo e, de todos os coordenadores do hospital, tanto os médicos como os de enfermagem. Sistema - Segundo a coordenadora da gestão de leitos, Adelane de Paula, todas as informações são informatizadas por meio de um sistema online: “Todos os nossos leitos são cadastrados no nosso sistema de gestão hospitalar, que é o sistema MV2000, onde temos um painel de indicadores que nos fornece o censo hospitalar. Foi desenvolvido um software próprio da instituição que é o sistema de gestão de leitos. Nele nós fazemos o acompanhamento de nossos pacientes, transferências externas. Pacientes precisam ser regulados para outros hospitais também e, podemos fazer a contra referência para os municípios, em algumas situações estabilizamos o quadro e, contra referenciamos para que o município possa dar continuidade ao tratamento daquele paciente”, enfatiza.
Créditos: Marcildo Brito

Fonte: Correio da Semana
por  Henrique Brito
Fotos: Marcildo Brito

Registro no centro cirúrgico do Dr. Janssen Loiola na luta contra o Câncer

"A luta contra o câncer não tem trégua e não tem dia. Mais um procedimento cirúrgico na Santa Casa de Misericórdia de Sobral, no sábado, para o alívio/cura da doença em  paciente acometido por um agravo oncológico". (Dr. Janssen Loiola/SCMS em 18.05.2019)


Nas redes sociais, siga o Dr. Janssen Loiola pelos canais do Facebook e Instagram @drjanssenloiola.

Hospitais filantrópicos têm 9,9 milhões de atendimentos em 2018

A Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza é a principal entidade filantrópica da Capital, com 2.357 atendimentos por mês
O Ceará abriga um total de 93 estabelecimentos de saúde sem fins lucrativos que, em 2018, somaram 9.899.133 atendimentos ambulatoriais. Recursos são insuficientes para atender a demanda das instituições

Solidariedade social prevista no estatuto da Federação das Misericórdias e Entidades Filantrópicas do Estado do Ceará (Femice) é posta à prova diariamente em estabelecimentos de saúde sem fins lucrativos. O Ceará possui 93 unidades do tipo que, em 2018, realizaram 9.899.133 atendimentos ambulatoriais, ao todo, conforme dados registrados pelo Ministério da Saúde.

A quantidade representa um aumento de 732.370 em relação ao ano anterior, quando foram feitos 9.166.763 atendimentos em todo o Estado. O número de internações hospitalares nas unidades também apresentou um aumento, saltando de 187.942, em 2017, para 211.832, em 2018.

Os atendimentos ambulatoriais realizados nas entidades filantrópicas do Ceará em 2018 custaram mais de 164 milhões de reais, segundo o Ministério da Saúde. Em 2017, os atendimentos somaram R$ 157,7 milhões. O déficit das unidades não foi informado porque, segundo a Federação depende do repasse dos órgãos, que é diferente para cada área e cumulativo.

A demanda crescente, porém, não é acompanhada pelo volume de recursos destinados aos hospitais e santas casas do Ceará. De acordo com o presidente da Femice, Marcos Granemann, dentre as 42 unidades filiadas à Federação, praticamente todas operam com déficit financeiro. Segundo ele, o subfinanciamento é um dos maiores problemas. "Se você analisar a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), que é a base do financiamento dos atendimentos nos hospitais, a maioria dos procedimentos tem 15 anos de desatualização. Hoje tem estudos que dizem que a cada 10 reais que uma Santa Casa gasta, ela recebe R$ 6. Isso acontece em nível nacional, e o Ceará acompanha", diz.

O repasse feito às unidades pode acontecer de duas formas, a depender do contrato do hospital: de acordo com a produção, que paga de acordo com o que é realizado, ou por contratualização, quando é destinado um valor fixo independentemente da quantidade de procedimentos feitos no equipamento. Segundo Granemann, a segunda modalidade é mais frequente no Ceará. "É menos vantajoso, porque a demanda aumenta e o recurso se mantém. É o mais prejudicial, porque temos um aumento de demanda todo ano, que não é compensado no aumento de repasses".
Santa Casa de Misericórdia de Sobral realiza 5 mil atendimentos por mês
'Bola de neve'
A situação preocupante se traduz em uma "bola de neve financeira", como descreve o presidente da Federação. O valor recebido pelas unidades já não supre as necessidades dos atendimentos, contudo, por serem filantrópicos, os hospitais ou entidades devem "manter suas obrigações em dia".

"O próprio critério do Ministério da Saúde para fazer o repasse é a unidade estar com todas as certidões em dia, de FGTS, INSS. Se não estiver com as certidões negativas, não recebe", explica Granemann.

Sem conseguir manter os pagamentos em dia, os hospitais voltam-se aos bancos, em busca de financiamento. Em alguns equipamentos, o impacto financeiro é minimizado através do atendimento privado. De acordo com a Lei nº 12.101/2009, conhecida como Lei da Filantropia, para ser considerada uma entidade filantrópica, o hospital deve realizar, no mínimo, 60% dos atendimentos através do Sistema Único de Saúde. "Podemos trabalhar com 40% privado para ajudar a custear o déficit do SUS. É um complemento provisório que não deveria acontecer", afirma.

Segundo ele, a Federação tem buscado duas possíveis opções, no Ministério da Saúde. Para minimizar o impacto do déficit e manter as unidades funcionando, é cogitado um complemento de recursos, ou a atualização da tabela do SUS.

Sendo a principal entidade filantrópica da Capital, a Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza exemplifica a problemática observada no Ceará. Por ano, são internados mais de 13 mil pacientes na unidade. "Além da baixa remuneração feita pelo SUS, ainda há o atraso. Outra coisa que impede muito é a falta de credenciamento para a realização de determinados procedimentos", relata Luiz Marques, provedor da Santa Casa. "Nós só podemos fazer exames nos pacientes que estão internados. Os pacientes que são atendidos no ambulatório muitas vezes não fazem os exames". A Santa Casa tem como especialidade os procedimentos de média complexidade - operações de apendicite, cálculo renal e vesícula - e cirurgias de urologia. De acordo com Marques, porém, tais procedimentos recebem menores repasses do SUS.

"Prestamos um serviço através dos leitos de retaguarda que mantemos. Sem isso, os corredores do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e do Instituto Dr. José Frota (IJF) estariam ainda mais sobrecarregados", diz. Segundo ele, a Santa Casa possui 110 leitos somente para atender pacientes oriundos do HGF e das UPAs.

Granemann ressalta que as Santas Casas foram criadas a partir da necessidade de "ajudar" pacientes. "Em muitos municípios, a Santa Casa é a única unidade hospitalar", finaliza.
Fonte: Diário do Nordeste (online)
Por Barbara Câmara, barbara.camara@diariodonordeste.com.br

Sobre a fertilidade masculina - Dr. Rafael Auuda (Médico Urologista)

Hábitos comuns como carregar o celular no bolso ou trabalhar com o notebook no colo pode contribuir para a infertilidade masculina. Também devem prestar atenção homens que trabalham expostos a altas temperaturas, como por exemplo em estufas, ou que trabalham expostos a produtos tóxicos, como pesticidas, pois têm um risco maior de produzir espermatozoides com alterações que inviabilizam a gravidez.
Consulte um especialista 


- Quem é o Dr. Rafael Arruda?
Médico formado pela Universidade Federal do Ceará (2007), campus Sobral. Concluiu residência médica na área de Cirurgia Geral, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) - (Teresina-PI/2010) e especialização em Videocirurgia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) - (Teresina-PI/2011). Especializado em Urologia pelo Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP) (Recife-PE/2015)