sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Santa Casa de Sobral dará posse ao novo Diretor Geral do hospital no dia 23 de janeiro

Dom Vasconcelos e o novo Diretor Geral da Santa Casa de Sobral Dr. Klebson Carvalho
Através da Assessoria de Comunicação da Diocese de Sobral, o Blog Encontro Com a Saúde recebeu convite para cerimônia da posse do novo Diretor Geral da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), Dr. Klebson Carvalho Soares.
CONVITE - "O Revmo Bispo Diocesano de Sobral, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, conduzirá na próxima quarta-feira, 23 de janeiro, a cerimônia de posse do novo Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, Dr. Klebson Carvalho Soares. O evento acontece às 18h30, no auditório do Departamento de Ensino do hospital"

Oportunidade de Emprego. Vaga para Técnico de Enfermagem para o SESI


quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Novos equipamentos proporcionam atendimento de qualidade na Santa Casa de Misericórdia de Sobral

Santa Casa de Sobral garante o melhor tratamento que existe em radioterapia pelo SUS
Acelerador Linear teve investimento de cinco milhões de reais e trata câncer com precisão no setor oncológico. Duas máquinas de tomografia realizam cerca de 100 exames por dia em pacientes internos, externos e emergência. Dez novas máquinas de diálise estão sendo montadas na Unidade de Hemodiálise e outras 19 são esperadas
O equipamento foi inaugurado em junho do ano passado.  Segundo o médico oncologista da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), João Evangelista da Ponte: “Este equipamento apresenta uma avançada tecnologia no tratamento dos pacientes portadores de câncer. Foi uma doação do ministério da saúde. É um equipamento de ponta. Nenhum hospital do Ceará que trabalha para o SUS (Sistema Único de Saúde) poderia pensar em adquirir um equipamento desses”, ressalta ele.

Setor de Hemodiálise aguarda a chegada de mais máquinas
De acordo com o físico médico da radioterapia Lenine Campos Miranda: “Na macro região só nós possuímos o equipamento e em Barbalha, no Cariri. O pessoal daqui iria para Fortaleza que é muito disputado o atendimento e aqui conseguimos atender o paciente da região sem fila ou pouca fila, uma semana ou dez dias”, enfatiza ele que calcula conseguir o atendimento de 60 a 70 pacientes diários com o bom funcionamento do acelerador.
Para o novo diretor geral da SCMS, Klebson Carvalho Soares: “Conseguimos ampliar a gama de atendimentos. Antes estávamos limitados por não termos acelerador a uma quantidade de pacientes. Dobramos isso ou ampliamos e vamos ampliar mais, estamos conversando em melhorar essa equipe”, aponta.
Tomografia

As duas máquinas de tomografia começaram a funcionar ano passado
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral possui duas máquinas para realizar exames de tomografia (exames de imagens que utiliza raios X para gerar imagens do corpo que são processadas por um computador). Segundo a supervisora Dorivalda de Paulo: “A máquina mais recente iniciou os trabalhos em setembro. A outra em fevereiro do ano passado. Temos um fluxo de 24 horas, cerca de 80 a 100 exames realizados entre pacientes internados, externos, e emergência”, enfatiza ela.
De acordo com o biomédico Caio Almeida: “Com a nova máquina foi instalada também a nova bomba injetora, equipamento que possibilita a realização de tomografias, estudos dinâmicos com uso do contrate. A Santa casa é a única instituição da região que usa a bomba injetora em uma das máquinas; que favorece uma boa qualidade da imagem; um aparelho de ponta”, afirma ele.
Máquinas de Hemodiálise

Dez novas máquinas estão sendo montadas no setor de hemodiálise da Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Segundo o diretor financeiro Pe. João Bosco Arruda Linhares: “Essas máquinas proporcionarão melhor qualidade no atendimento e outras 19 estão para chegar; frutos de uma emenda parlamentar”, ressalta ele.
Ao todo, o setor é capacitado com 44 máquinas para tratamentos de pacientes com doenças renais.  De acordo com Pe. João Bosco, quando todas estiverem devidamente instaladas e em funcionamento será visível “um upgrade excepcional e ficaremos com um parque tecnológico show de bola”, conclui.

Fonte: Jornal Correio da Semana
Fotos: Marcildo Brito

Cientistas transformam células e impedem que câncer se espalhe

Foto: reprodução/BlogDoCancer
Uma descoberta de pesquisadores da Unniversidade Basel, na Suíça, pode significar uma revolução no tratamento do câncer de mama.

Os cientistas conseguiram transformar com sucesso células de câncer de mama em adipócitos (gordura) para impedir que elas se espalhassem no organismo de camundongos.

No estudo, eles exploraram o caminho que as células cancerígenas fazem. Os resultados são considerados promissores.

Como
Ao cortar o dedo, por exemplo, as células do epitélio começam a se parecer menos com elas mesmas e ficam mais “fluidas” – transformando-se na célula-tronco mesênquima e que depois torna-se qualquer célula que o corpo necessite. Este processo é chamado de transição epitelial-mesenquimal (EMT).

Especialistas já sabiam que células de câncer poderiam tomar essa trajetória ou ainda fazer o caminho contrário, chamado transição mesenquimal-epitelial (MET), para se espalhar por todo o organismo.

Na pesquisa, os camundongos receberam uma forma agressiva de câncer de mama humano.

Eles foram tratados com rosiglitazona, medicamento diabético, e trametinib, tratamento contra o câncer.

Graças aos remédios, quando as células cancerígenas usavam uma das vias de transição, em vez de se espalharem, elas mudavam para células adiposas – no processo de adipogênese.

Sucesso

“Os modelos usados neste estudo permitiram a avaliação da disseminação da adipogênese das células cancerígenas nos arredores do tumor”, escreveu a equipe no artigo, publicado na revista Cancer Cell.

“Os resultados indicam que a terapia de rosiglitazona e trametinib atinge especificamente as células cancerígenas com maior plasticidade e induz sua adipogênese.”

Segundo os cientistas, nem todas as células cancerígenas viraram gordura. Mas as que se transformaram não foram danificadas.

“As células de câncer de mama submetidas a um EMT se diferenciaram como gordura e também pararam completamente de proliferar”, afirmou Gerhard Christofori, bioquímico da Universidade de Basel, na Suíça.

“As células que se transformam em células de gordura permanecem assim e não retornam como cancerígenas.”

Como funciona
No tratamento, a trametinib estimulou o processo de transição, aumentando a conversão de células-tronco em gordura.

“A terapia de diferenciação adipogênica inibe a invasão, disseminação e formação de metástases em vários modelos pré-clínicos de câncer de mama”, escreveram os pesquisadores no estudo.

Medicamentos aprovados
Os medicamentos usados na pesquisa são aprovados pelo Food and Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos. Com isso, pode ser que a terapia seja testada em humanos.

De acordo com o portal Science Alert, muitos tratamentos testados em ratos não chegam ao estágio de testes clínicos. O fato de que este funcionou em células de câncer humano dá uma esperança para pacientes e cientistas.

Por enquanto, os pesquisadores estão analisando se este método funcionaria combinado à quimioterapia, e se ele se aplicaria a outros tipos de câncer.

“Essa abordagem inovadora poderia ser usada com a quimioterapia convencional para suprimir o crescimento do tumor primário e a formação de metástases mortais”, declarou Christofori à Press Association.

Com informações da Galileu
via: http://www.sonoticiaboa.com.br

Qual a melhor idade para ter filhos - Dica Cliza

Estudos mostram que a fertilidade diminui para mulheres e homens com o passar do tempo. Levando em conta apenas a biologia, a idade com menor risco de complicações na gravidez e no pós-parto é entre 25 e 29 anos.

Rua: Idelfonso de Holanda Cavalcante, nº 1034, bairro Campo dos Velhos. Telefones: (88) 3677-2564 / (88) 9.9682-9334 / (88) 9.9483-6472. Horários: 07:00h as 11:00h e de 16:00 as 20:00h.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Assembleia Deliberativa da Santa Casa elege Klebson Carvalho como novo Diretor Geral do hospital

Dom Vasconcelos.membros da Assembleia e coordenadores de serviços da Santa Casa presentes à reunião
Na manhã desta terça-feira (15/01), no Centro de Treinamento de Sobral (Cetreso), em Assembleia Geral Deliberativa do Conselho Geral da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) e sob a condução do seu Provedor, Dom José Luiz de Vasconcelos, foi realizada eleição extraordinária para indicação do novo Diretor Geral do hospital. Diante da renúncia do Padre Francisco Júnior Melo, a Assembleia elegeu o administrador hospitalar, Dr. Klebson Carvalho Soares, para o cargo de Diretor Geral da Santa Casa de Misericórdia de Sobral até o dia 31 de dezembro de 2020. 
Dom Vasconcelos e novo Diretor Geral da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, Dr. Klebson Carvalho
Na mesma reunião, o Padre Bosco Linhares renunciou ao cargo de Diretor Financeiro, que vinha ocupando ultimamente, e passará a prestar assessoria à direção geral. Na oportunidade, Padre Bosco Linhares apresentou uma prestação de contas  do hospital, durante a sua gestão enquanto Diretor Financeiro, além das últimas movimentações que se referiam ao empréstimo emergencial da instituição junto à Caixa Econômica Federal. 
Padre Bosco Linhares, durante apresentação no Cetreso da Diocese
Após a apresentação do Padre Bosco Linhares, Dom Vasconcelos relatou sobre o interesse dos Camilianos em administrar a Santa Casa, mas que por enquanto este assunto aguarda futuras tratativas. Neste contexto, foi-lhe indicado o nome do administrador Klebson Carvalho, com larga experiência em gestão hospitalar, inclusive com passagem pela Santa Casa em 2014. "Diante do nosso convite, o Dr. Klebson Carvalho aceitou o desafio de conduzir o hospital a partir de um perfil de gestão virtuosa", explica Dom Vasconcelos. Prerrogativas - Logo depois do encaminhamento do Provedor, Dr. Klebson Carvalho apresentou-se aos membros da Assembleia e explicou a sua proposta de gestão para a Santa Casa de Sobral. Ele destacou que em princípio serão priorizadas três vertentes: a Financeira, de Qualidade e Comunicação. 
Novo Diretor Geral da Santa Casa, Dr. Klebson Carvalho, fala aos membros da Assembleia
A partir desta data, Klebson Carvalho assume o cargo de Diretor Geral da Santa Casa com todas as prerrogativas da função administrativa, bem como representar legalmente o hospital, sempre que necessário, firmar contratos, nomeações, contratação de pessoal, entre outras atribuições.
 Fotos e Matéria: Vanderley Moreira (Jornalista)

Laboratório Clínico de Sobral cuidando da sua saúde do jeito que ela merece. Crescer Por Você

Dr. Diogo Parente, conhecimento, experiência, confiabilidade e respeito aos seus pacientes
Conheça o Laboratório Clínico de Sobral e aproveite todos os benefícios e vantagens qde uem mais entende de carinho, dedicação e atenção com a sua vida.

"Cuidamos da sua saúde do jeito que ela merece" (Dr. Diogo Parente).

Laboratório Clínico de Sobral sempre preocupado com você e a qualidade de seus exames!


Visite a unidade ao lado do North Shopping Sobral

Dica do blog | Secretaria da Saúde de Sobral












Formação e planejamento da pesquisa PEP++ (NHR-Brasil) em Sobral



Em todo o Brasil o mês de janeiro está sendo dedicado a conscientização sobre a Hanseníase. Os serviços de saúde do município de Sobral tem abraçado a ideia e intensificado suas ações com uma programação em todos os espaços e com o objetivo de desmistificar o estigma que a hanseníase traz consigo. Na intenção de avançar na erradicação da hanseníase o município está participando de uma grande pesquisa multicêntrica denominada PEP++ que está acontecendo em três países Indonésia, Índia e Brasil e no Brasil ocorrerá nas cidades de Fortaleza e Sobral. 

A coordenação da pesquisa está sob a responsabilidade da Netherlands Hanseniasis Relief (NHR-Brasil) com a pesquisadora Ximena Illarramendi Rojas, com cooperação científica da Fiocruz e da Universidade Federal de Goiás e que em Sobral a Secretaria da Saúde designou a Escola Visconde de Sabóia no nome da Profa Dra. Socorro Dias para coordenar a pesquisa.

Dando continuidade as atividades da pesquisa para iniciar a fase de campo, foi realizada na semana do dia 07 a 10 de janeiro uma formação de boas práticas em pesquisa clínica com um grupo de 18 pesquisadores de campo e a colaboração de alguns profissionais: Lielma (Assistente de Pesquisa EFSFVS), Suelen (Coordenação Atenção Primária), Sandra Flor (Gerente da Vigilância Epidemiológica), Ticiana (Bioquímica de referência para hanseníase), Irisdalva (Médica de referência para hanseníase) e Luiza (Enfermeira Atenção Primária).

Centro de Saúde da Família do distrito Patriarca realiza ação de combate à Hanseníase


O Centro de Saúde da Família do distrito Patriarca, realizou, no sábado (12/01), uma ação de combate à Hanseníase. O evento, realizado em parceria com a Atenção Especializada, Coordenadoria da Política Sobre Drogas e Fazenda da Esperança, teve como objetivo informar a população sobre a importância da prevenção da doença, do tratamento e do autocuidado.
Na ocasião, foram ofertados testes de sensibilidade, atendimento odontológico voluntário e corte de cabelos, realizados pelos internos da Fazenda da Esperança. Estiveram presentes na ação a Drª. Tarciana Serafim, da Atenção Especializada, e o enfermeiro Zezinho do Sumaré, da Coordenadoria de Políticas Sobre Drogas.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Santa Casa de Sobral recebe alunos dos cursos de Pedagogia e Psicopedagogia da UVA

Alunos dos cursos de Pedagogia e Psicopedagogia da UVA realizam estágio na Santa Casa de Sobral
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), através do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEPE),  acolheu os alunos dos cursos de Pedagogia e Psicopedagogia Institucional, Clínica e Hospitalar da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Na ocasião, a técnica em assuntos educacionais do DEPE, Lia Gomes acolheu os graduandos. 

Os estudantes estarão realizando suas atividades práticas nos diversos serviços de assistência no hospital, no semestre 2018.1 nos serviços da Pediatria, Quimioterapia e Maternidade Santa'Ana. O momento tem como objetivo integrar aluno e preceptores dos cursos da área da saúde ao serviço, apresentando-os as normas e rotinas da instituição. 

Após o acolhimento, os alunos conheceram os cenários de práticas de cada serviço aonde irão atuar, sendo recepcionados pelos seus coordenadores. A Santa Casa e a UVA mantêm uma longa parceria para a formação dos futuros profissionais da saúde desta IES. Vale destacar, que a UVA foi a primeira Instituição de Ensino Superior (IES) perceber a Santa Casa como campo de estágio para os estudantes do Curso de Enfermagem, ainda no ano de 1976.

O que é micção imperiosa - r. Rafael Arruda (Médico Urologista)

A micção imperiosa é também chamada “urgência miccional”. Trata-se de um estado em que há desejo miccional muito intenso, levando a pessoa a precisar urinar imediatamente. Isso pode ou não vir acompanhado de perdas urinárias.
Consulte um especialista 


- Quem é o Dr. Rafael Arruda?
Médico formado pela Universidade Federal do Ceará (2007), campus Sobral. Concluiu residência médica na área de Cirurgia Geral, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) - (Teresina-PI/2010) e especialização em Videocirurgia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) - (Teresina-PI/2011). Especializado em Urologia pelo Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP) (Recife-PE/2015)

Colírio que vai substituir óculos precisa de US$ 1 milhão

Os três pesquisadores por trás dos nanodrops (da esquerda para a direita), o Dr. David Smadja, o Prof. Zeev Zalevsky e o Prof. Jean-Paul Moshe Lellouche. Foto: Divulgação
O colírio para corrigir problemas de visão, que está sendo desenvolvido em Israel, precisa de US $ 1 milhão, quase R$ 4 milhões de reais de investimento, para financiar a pesquisa e o desenvolvimento do produto.

Pesquisadores do Centro Médico Shaare Zedek e da Universidade Bar Ilan, em Israel, já estão em contato com investidores para arrecadar o valor.

Composto por uma solução de nanopartículas sintéticas, o colírio demonstrou grande potencial para resolver problemas de visão relacionados à córnea.

Na primeira rodada de ensaios em animais em março, o nanodrops foi aplicado às córneas dos porcos e corrigiram com sucesso dois tipos de erros de refração: miopia (miopia) e presbiopia (hipermetropia tipicamente causada pelo envelhecimento).

“Nestes primeiros testes de bioatividade, demonstramos que essas gotas são incrivelmente eficazes”, diz o professor Jean-Paul Moshe Lellouche, do Departamento de Química da BINA.

A descoberta

O “nanodrops”, foi anunciado pela primeira vez em março de 2018 pelo Dr. David Smadja, pesquisador associado do Instituto de Nanotecnologia e Materiais Avançados (BINA) da Universidade Bar-Ilan e pelo Chefe da Unidade de Pesquisa de Oftalmologia.

Para desenvolver o colírio, Shaare Zede Smajda liderou uma equipe de oftalmologistas, incluindo o professor Zeev Zalevsky, da Faculdade de Engenharia Kofkin, do Bar Ilan, e o professor Jean-Paul Moshe Lellouche, do Departamento de Química da BINA.

A ideia

A inspiração para os colírios veio do Dr. Smadja, que sofria de dores de cabeça há anos por trabalhar em seu computador por longos períodos de tempo. Ele sabia que precisava de uma pequena correção visual, mas suas escolhas eram limitadas.

“Minha correção foi tão pequena que eu não era elegível para nenhuma operação a laser. Minhas opções na época eram [ou] usar óculos ou usar lentes de contato”, disse Smadja ao NoCamels.

Dr. Smadja reconheceu que as soluções padrão para correção visual não conseguiram curar os olhos secos, um sintoma comum entre os usuários de tela, e decidiu criar uma alternativa melhor:

“Eu pensei, porque não fazer colírios que poderiam corrigir minha visão com um índice de refração?”

Coelhos

A equipe planeja ampliar o teste das gotas em coelhos vivos este ano, antes de passar para testes em seres humanos em 2020.

Durante esses testes, os pesquisadores vão testar as gotas em indivíduos com “qualquer tipo de erro de refração que entra no escopo dos nanodrops”, disse o Dr. Smadja.

Segundo ele, o objetivo é corrigir diferentes tipos de erros de refração. “No final, pretendemos ter colírios para miopia (miopia) e para hipermetropia (hipermetropia)”, acrescenta.

“Primeiro, mesmo que as córneas dos porcos estejam muito próximas do olho humano, não temos nenhum feedback em termos de quanto tempo o efeito durará”, explica o Dr. Smadja.

Estima-se que os usuários das gotas experimentarão correção visual por pelo menos dois a três dias, o que a equipe espera verificar usando o feedback verbal dos sujeitos.

Dr. Smadja acrescenta que os testes em humanos também oferecem a oportunidade de testar os nanodrops: “Queremos comparar as gotas e os óculos, e não podemos fazer isso com os animais.”

Investidores

Os pesquisadores estão atualmente trabalhando com sua equipe de investidores para construir uma startup de biotecnologia em torno dos nanodrops. Eles planejam promover sua invenção através desta empresa com a expectativa de colocar o produto no mercado até o verão de 2020.

Smadja diz que a equipe pretende vender as gotas a um preço competitivo – em algum lugar entre o preço dos óculos e o preço dos contatos.

“A ideia não é criar um produto que seja muito mais caro que suas alternativas”, explica ele.

Com informações do Nocamels
http://www.sonoticiaboa.com.br

Micose no couro cabeludo - Dr. Mário Timbó (Médico Dermatologista)

A micose de couro cabeludo pode trazer coceira intensa na cabeça, formação de lesões no couro cabeludo, descamação por conta das lesões.O tratamento normalmente é feito com antifúngicos específicos e dependendo do caso também com loção capilar para tratar as lesões. A melhor maneira de evitar o aparecimento de micoses é fazer a higiene correta, evitar banhos muito quentes e dormir com os cabelos molhados.
"Dr Mário Timbó, porque sua pele merece o melhor"

Dr. Mário Timbó, dermatologista, CRM: 9879 - RQE: 6790

Dr. Mário Timbó, CRM 9879; RQE 6790 - Avenida Dr. Figueiredo Rodrigues, 573, Centro-Sobral. Formado pela Universidade Federal do Ceará, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

 

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Convulsão Febril - Clínica Fides

Convulsão febril normalmente ocorre em cerca de 2 a 5% das crianças menores de 5 anos. Isso deve-se a suscetibilidade das crianças a quadros infecciosos virais ou bacterianos. Essa crise ocorrer associada à febre, sem histórico de convulsões afebris, em crianças menores de seis anos. É importante que os pais levem a criança que tiver uma convulsão pela primeira vez ao neuropediatra para avaliação e, dependendo do caso, para realizar exames e verificar a presença de distúrbios que possam causar essas convulsões.

Na Clínica Fides temos uma profissional qualificada em neuropediatria.
Dra. Regina Porto - (88) 99217.1313 | (88) 9 9989.7900 | (88) 3614.3783

Plantio de mudas promove sustentabilidade e harmoniza ambientes


Ipês amarelos, paus-brasis e eucaliptos passam a compor o jardim do Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará. Cerca de 60 mudas foram adquiridas pelo hospital em parceria com a Prefeitura Municipal de Sobral e plantadas ao longo do espaço destinado a jardins. O objetivo é trazer beleza e harmonia aos ambientes e melhorar o microclima.

“Nosso jardim era apenas grama e decidimos diversificar um pouco e plantar algumas árvores para embelezar o ambiente e também em virtude do clima. Temos áreas com bastante incidência de sol”, explica o coordenador da Manutenção do HRN, Essuélio José Basílio Trigueiro.

Além de beleza, as árvores nativas trouxeram uma economia superior a 90% no consumo de água. “Como são plantas bem adaptadas ao clima, podemos aguar apenas em dias alternados e, em dias de chuva, não é necessário”, avalia Trigueiro.



A escolha das árvores foi feita por um engenheiro agrônomo do Banco de Mudas da Prefeitura. De acordo com o jardineiro do HRN, Natan Pereira, foram priorizadas plantas nativas. “São plantas típicas da nossa região que se adaptam melhor ao nosso clima”, diz.

Segundo ele, o plantio teve dois motivos principais: conter o calor e “trazer um ambiente mais agradável para o hospital inteiro”. O trabalho de jardinagem contempla principalmente regar e adubar as plantas, podá-las e conter o capim.

Muitos são os benefícios de plantar espécies nativas. “As plantas nativas geram economia de água, proporcionam melhora no microclima do local, favorecendo a ocupação dos espaços e dando uma contribuição ecológica. As árvores têm boa adaptação e se relacionam bem com a fauna local, gerando um bom funcionamento do ecossistema”, afirma Bruno Ary, diretor de parques, jardins e unidades de conservação da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA) de Sobral.


Plantio
A novidade do plantio de novas mudas agradou aos colaboradores do HRN. Apaixonada por flores, a médica pediatra Julieta Almeida sempre gosta de contemplar a beleza do jasmim-manga (Plumeria rubra), árvore exótica cujas flores perfumam os jardins do Hospital Regional Norte. “Adoro plantas. E se forem floridas, ainda mais. Também é importante para conter o nosso calor e tornar o clima mais agradável”, avalia.

Da mesma empolgação, compartilha a colega Isabella Vidal sobre as árvores. “Deixam o clima mais aconchegante”, diz a médica pediatra. Outro entusiasta é o médico da UTI do HRN e professor do curso de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), Francisco Olon Leite Júnior. Sempre que uma turma da disciplina de Terapia Intensiva está para se formar, ele planta com seus alunos nos jardins do HRN uma nova muda de flamboyant, considerada uma das árvores mais belas do mundo.

 

Já a controladora de entrada e saída do HRN, Valquíria Silva Privino, gosta de estar ao lado das plantas, em especial nos intervalos do trabalho. Ela recebeu com muita alegria a notícia de mais árvores no hospital. “É muito importante para os pacientes que chegam doentes, cansados e podem ver um ambiente mais belo. Também torna o clima mais agradável”, declara.

Fonte: https://www.saude.ce.gov.br

Câncer de estômago - Dr. Diego Bezerra (Cirurgião Geral - Cirurgião Oncológico)

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), aproximadamente 20 mil novos casos de câncer de estômago são diagnósticos todos os anos no país. Geralmente, esse tipo de câncer atinge as pessoas mais velhas. A idade média dos pacientes gira em torno de 65 anos. O perigo de uma pessoa desenvolver o câncer no estômago durante a sua vida é de 1 em 116. Vale frisar que essa estimativa é um pouco maior em homens do que em mulheres.

Consulte um Especialista

visite o site: http://www.drdiegobezerra.com.br/

Cateterismo cerebral devolve movimentos a vítima de AVC

Foto: Cláudio Oliveira/EPTV
Cientistas da USP, Universidade de São Paulo, fizeram uma espécie de cateterismo cerebral, retiraram um coágulo da artéria e devolveram os movimentos a uma vítima de AVC, Acidente Vascular Cerebral.

A técnica, feita por pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão estão é capaz de reduzir quase que totalmente as sequelas do AVC, como a paralisia facial e a perda de alguns movimentos.
Popularmente chamado de cateterismo cerebral, o tratamento consiste em desentupir as artérias grandes do cérebro até 24 horas após os primeiros sintomas. O método já foi aprovado pela Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

“Com o tratamento endovascular, às vezes, a gente vê respostas dramáticas. Pacientes que ficariam sequelados pelo resto da vida voltam a andar com esse tratamento. Então, é uma alternativa terapêutica muito interessante”, diz o neurologista Octávio Pontes Neto.

Como

A técnica introduz um microcateter em uma artéria na perna do paciente e avança até a área entupida do cérebro.

Lá, o coágulo que impede a passagem do sangue é aspirado ou retirado com um stent, dispositivo usado para desobstruir os vasos.

Segundo Pontes Neto, o procedimento pode “limpar” 80% dos vasos sanguíneos afetados e é mais eficaz que o tratamento convencional, com o uso de medicamentos para dissolver os coágulos que se formaram no cérebro e causam o AVC.

Microcateter introduzido na artéria cerebral - Foto: reprodução

Tratamento rápido
O resultado do tratamento depende da extensão e do tempo em que a lesão ocorreu.

O neurologista explica que, quando ocorre um AVC, os neurônios sofrem com falta de oxigênio e morrem em uma taxa de 1,9 milhão por minuto.

“É como se fosse uma fogueira queimando um canavial e a gente tem que correr, como um bombeiro, tentando apagar o incêndio, tentando abrir a artéria o mais rápido possível para restaurar o fluxo sanguíneo para o cérebro”, diz.

O médico afirma que o sucesso da técnica depende ainda de um bom fluxo colateral, ou seja, que outras artérias estejam levando sangue à área do cérebro afetada pelo AVC.

“Não é qualquer paciente com AVC isquêmico, mas aquele que tem oclusão de uma grande artéria do cérebro, em que a gente não consegue desentupir só com remédio na veia. Então, muitas vezes, além de receber o remédio, vai ser submetido a esse cateterismo”, concluiu.

Com informações do G1
Via: http://www.sonoticiaboa.com.br