quinta-feira, 19 de outubro de 2017

DEPE da Santa Casa discute atividades de ensino e pesquisa na Maternidade Sant'Ana

Da esquerda para direita: Adelane de Paula, Rosana Furtado, Lia Gomes, Denise Nogueira,  Vicente Pinto e Lucila Albuquerque
Na última sexta-feira (13/10), o Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE), da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), realizou reunião para tratar das ações  referentes ao Programa de Integração, Ensino e Serviço (PIES) que estão sendo desenvolvidas da Maternidade Sant'Ana do hospital, bem como questões voltadas para o ensino e a pesquisa.
 O objetivo do momento foi discutir a permanência  dos bolsistas do PIES no acolhimento da Maternidade, onde estão realizando um trabalho de pesquisa que busca traçar o perfil das gestantes que são atendidas no hospital. "Com este trabalho, busca-se verificar o fluxo das gestantes bem como melhorar o atendimento do setor", explica Lia Gomes.
Coordenações
Na ocasião, participaram da reunião: o Prof. Dr. Vicente Pinto (Diretor do DEPE/SCMS), Enfª Lucila Albuquerque (Diretora de Enfermagem/SCMS), Profª Denise Nogueira (Coordenadora da Educação Permanente/DEPE-SCMS) Enfª Rosana Furtado (Coordenadora da Maternidade Sant'Ana/SCMS), Enfª Adelane de Paula (Coordenadora Regulação e Estatística Hospitalar/SCMS) e Lia Gomes (DEPE/SCMS) e Neudimar Bastos (Gerente de Risco/SCMS).

Você sabia que uma a cada dez mulheres têm endometriose

As dores abdominais intensas e cólicas fortes são os sintomas mais comuns, que podem surgir já na adolescência. Na maioria dos casos, o diagnóstico clínico-ginecológico da endometriose é suficiente, permite iniciar o tratamento e manter o acompanhamento da mulher a fim de avaliar a resposta terapêutica. Saiba mais no Blog da Saúde http://www.blog.saude.gov.br/wnqx5k


Saúde capacita no manejo da hemorragia obstétrica pós-parto

A Secretaria da Saúde do Ceará dá seguimento à segunda fase do Projeto Zero Morte Materna por Hemorragia e realiza nos dias 25 e 26, em Quixadá, a terceira edição do curso Manejo Obstétrico da Hemorragia Pós-Parto e Pós-Abortamento. O curso formará 60 facilitadores dos serviços de referência em saúde e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Ceará) dos 35 municípios das macrorregiões de Saúde do Sertão Central e do Litoral Leste/Jaguaribe.

Além do manejo da hemorragia obstétrica, os profissionais de saúde serão capacitados também no funcionamento e uso correto do traje antichoque não pneumático (TAN), que serão utilizados para garantir a continuidade do fluxo sanguíneo em órgãos vitais de pacientes com hemorragia em locais remotos.

O Projeto Zero Morte Materna por Hemorragia é promovido pela Secretaria da Saúde do Ceará, em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). A intenção é combater a hemorragia pós-parto e pós-abortamento, a segunda causa de morte materna no Brasil e 15% de todas as mortes no país.

O curso Manejo Obstétrico da Hemorragia Pós-Parto e Pós-Abortamento já teve duas edições em Fortaleza e nele são abordados temas como manejo ativo do terceiro período do trabalho de parto, manejo da hemorragia pós-parto, código vermelho obstétrico, manejo da mulher em situação de “near miss” com hemorragia obstétrica. A finalidade é estruturar o processo de qualificação e atenção às situações de morbimortalidade em mulheres com hemorragia pós-parto, principalmente em áreas remotas e de pouco acesso às tecnologias de cuidado.



Mais informações com o Núcleo de Saúde da Mulher, Adolescente e Criança (Nusmac/Copas/Sesa), responsável pelo curso. (85) 3101.5201/ 3101.5282/ 3101.5193/ nusmac.saude@gmail.com


Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220
www.facebook.com/SaudeCeara

Convocação para prova objetiva - Edital Nº 021/2017

Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de excepcional interesse público e formação de cadastro de reserva de profissionais de nível médio e técnico da secretaria municipal da saúde de Sobral, regulada pelo edital 21/2017, RESOLVE:

I. Convocar os candidatos inscritos no processo seletivo simplificado supramencionado, a comparecer à prova objetiva de múltipla escolha que será realizada no dia 22 de outubro de 2017, às 9h da manhã, horário local, na Escola Municipal José da Matta e Silva, situada na Av. Doutor José Arimatéia Monte e Silva, nº 574 – bairro Campos dos Velhos, Sobral - CE, 62030-230, estando as salas de realização das provas indicadas no ANEXO I deste termo.

II.  Informar que os candidatos deverão obrigatoriamente indicar no momento da prova, para qual unidade (sede ou distrito) estão concorrendo a uma vaga, sob pena de serem excluídos do processo seletivo.

III.  Informar que os candidatos deverão chegar ao local de prova com 60 (sessenta) minutos de antecedência do horário de início, munido da original de documento de identidade pessoal com foto, e, caneta esferográfica de tinta azul ou preta, estando as demais disposições pertinentes a realização da prova e ao processo seletivo simplificado previstas no edital inaugural.


Para mais informação e acesso ao ANEXO I clique (AQUI)

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Homenagem do Hospital do Coração aos seus profissionais médicos pela passagem do Dia do Médico

Médicos do Hospital do Coração foram homenageados em seu dia, 18 de outubro
A Direção Geral do Hospital do Coração (HC) Padre José Linhares Ponte, integrante do complexo da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) realizou momento de homenagem aos profissionais médicos do hospital, pela passagem do Dia do Médico, 18 de outubro.
Dr. Joaquim David Neto                   Audizio Aguiar                                            Pe. Bosco Linhares                      
 Na oportunidade, os médicos do HC foram recepcionados pelo Dr. Joaquim David Carneiro Neto (Diretor Geral/HC-SCMS), Dr. Leandro Cordeiro Portela (Diretor Cínico/HC-SCMS) e José Antônio Lima Neto (Vice-Diretor Clínico/HC-SCMS), e o Sr. Audizio Aguiar (Diretor Financeiro da Santa Casa, com homilia do Pe. Bosco Linhares.
Dr. Leandro Portela                                    Dr. José Antônio Lima Neto

Homenagem ao Dr. João Evangelista da Ponte pela passagem do Dia do Médico

Anny Caroline, Dr. João Evangelista da Ponte e Lidiane Santos
A enfermeira do trabalho, Anny Caroline, e a técnica de enfermagem do trabalho, Lidiane Santos, representando o Serviço de Segurança e Engenharia em Medicina do Trabalho (SESMT) da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), parabenizam o médico do trabalho e radioterapeuta, Dr. João Evangelista da Ponte, pelo excelente trabalho prestado à saúde e o bem-estar dos funcionários da Santa Casa. Na oportunidade, as profissionais saúdam o conceituado médico pela passagem de data tão importante nesta quarta-feira (18/10),  Dia do Médico, desejando-lhe saúde e sucesso.

18 de Outubro Dia do Médico


Homenagem do Blog Encontro Com a Saúde a todos os profissionais médicos que dignificam a profissão. Em nome dos nosso colaboradores, parabenizamos todos os médicos nesta data.
Nossos Colaboradores 

Registro da primeira sessão clínica integrada de Dermatologia e Infectologia na Enfermaria São Joaquim da Santa Casa na Clínica Médica

Preceptores, residentes e internos da Clínica Médica participaram da sessão integrada realizada na Santa Casa
Na noite desta terça-feira (17/10), o Blog Encontro Com a Saúde registrou mais um momento das atividades de ensino, realizadas na Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), com internos  da Clínica Médica do Curso de Medicina de Sobral  da Universidade Federal do Ceará (UFC), juntamente com o médicos residentes em Clínica Médica do Programa de Residência da Médica da SCMS/UFC.
Momento da Sessão da apresentação da sessão na Santa Casa
Na ocasião, aconteceu a primeira sessão de estudo integrada da Dermatologia e Infectologia na Enfermaria São Joaquim (Enfermaria Integrada) do hospital. O momento foi conduzido pela médica infectologista Drª. Patricia Batistas Rosa (Profª. Medicina Sobral/UFC) e  o médio dermatologista Dr. Mário Timbó (Preceptoria/SCMS). O caso clínico foi apresentado pela interna Edymarah Linhares, com aula do Dr. Mário Timbó. O estudo de caso abordou Leishimanios.

Audiência Pública na Câmara de Sobral discute o Piso Salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate de Endemias.

A Câmara Municipal de Sobral foi palco no inicio da noite da última sexta-feira (13/10), de uma Audiência Pública proposta pelo vereador Sargento Ailton, subscrita pela vereadora Alessandra Ponte, que tratou sobre o Piso Salaria dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate de Endemias.


Com a galeria lotada de profissionais das cidades de Sobral, Ipu, Tianguá, Groairas e Massapê, a sessão contou com as presenças dos deputados federais Leônidas Cristino, Odorico Monteiro, Cabo Sabino e Raimundo Gomes de Matos, esse o relator da comissão especial que analisa da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 22/2011, que garante o valor equivalente a 2 salários mínimos aos ACS’s e aos ACE’s.

DETALHES
 - Os deputados Moses Rodrigues e Chico Lopes, convidados para o evento, não compareceram, apenas justificaram suas ausências.

- Além dos vereadores Sargento Ailton e Alessandra Ponte, apenas os vereadores Antonio Galdêncio, Fransquinha do Povo, Socorro Brasileiro e Giu Vasconcelos participaram da Audiência, sendo que Giu só aguardou que tocasse o Hino Nacional para se ausentar do Plenário 5 de Julho. 

- O secretário de Saúde de Sobral, Dr. Gerardo Cristino, e a presidente da Confederação Nacional dos Agentes de Saúde e Agentes de Endemias, Ilda Correa, também participaram da Audiência Pública.
Fonte: Blog Sobral em Revista

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Nutricionista da Santa Casa participa de trabalho de campo no Hospital Beneficência Portuguesa

O Nutricionista do Serviço de Nutrição da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), Leonardo Teixeira, esteve participando de um trabalho de campo no Hospital Beneficência Portuguesa (BP). A atividade faz parte de sua formação em especialista titulado em Terapia Nutricional e Nutrição Clínica idealizado pelo GANEP Educação em São Paulo, instituição esta que é referência em Terapia Nutricional no Brasil. 
O trabalho tem como objetivo adquirir conhecimentos teórico-práticos relacionado às diferentes abordagens nutricionais no âmbito hospitalar, por intermédio de visitas multiprofissionais, sessões clínicas, discussão de casos, aulas com temas relacionados as novas diretrizes e as doenças pertinentes, com foco nos protocolos de Terapia Nutricional. 
Leonardo Teixeira, nutricionista da Santa Casa de Sobral e Drª Melina Gouveia Castro, médica nutróloga
A atividade teve duração de quinze dias, de segunda a sexta-feira, das 8h ás 17h, com uma hora de intervalo para descanso. Segundo o nutricionista Leonardo Teixeira, esta vivência é uma oportunidade para moldar seu manejo profissional, em um dos melhores hospitais do País. “Foi muito importante para a minha formação vivenciar as atividades desenvolvidas pela Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional e Parenteral (EMTN) de um hospital como o BP. Tive a oportunidade de visitar o lactário acompanhando todo fluxo de prescrição, solicitação e distribuição de fórmulas infantis, participei de visitas multiprofissionais com os mais diferentes casos de doenças nos eixos, pediátricos e adultos abstraindo de cada caso as discussões e condutas terapêuticas indispensáveis para a minha vida profissional", explica Leonardo Teixeira. 
O momento também contou com a apresentação de um artigo com o tema “Enriched enteral nutrition may improve short-term survival in stage IV gastric cancer patients: A randomized, controlled Trial”, tendo como avaliadora a Dra. Melina Gouveia Castro. "O meu objetivo é sempre estar se reciclando, através de momentos como estes promovidos pelas referências brasileiras, para que eu possa oferecer o que há de melhor na Terapia Nutricional aos pacientes na Santa Casa", finaliza.


Informações: Leonardo Teixeira

Andropausa - Dr. Rafael Arruda (Médico Urologista)

Conhecida popularmente como “andropausa”, a Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino (DAEM), é o conjunto de sinais e sintomas decorrentes da diminuição da concentração de androgênios no homem. Entre os sintomas, os que mais comumente podem estar presentes são a diminuição da força e da massa muscular, a diminuição da resistência física, o aumento da gordura, o comprometimento da memória e funções cognitivas, depressão e irritabilidade, a diminuição da libido, a diminuição do número de ereções noturnas/matinais, a disfunção erétil.
Consulte um Urologista
 


Liga Acadêmica da Medicina da UFC de Sobral realiza ciclos de palestras sobre Medicina de Família e Comunidade

A Liga de Medicina de Família e Comunidade de Sobral (LIMFACS), do Curso de Medicina de Sibral da Universidae Federal do Ceará (UFC), convida a todos para a comemoração de seus 10 anos, com um ciclo de palestras para destacar pontos importantes sobre a medicina de família e comunidade e a atuação do médico na atenção primária à saúde.

- No dia 23/10 será abordado o tema: "Queixas mais comuns na atenção básica", com a Dra. Sânkia Lopes, médica egressa do Curso de Medicina da UFC de Sobral

- No dia 24/10 o assunto será: "O uso da medicina baseada em evidências na atenção básica", com  o Dr. Pedro Cavalcante, Prof. efetivo do Curso de Medicina da UFC de Sobral.

- No dia 25/10 mais um tema "Como aumentar a adesão do paciente na atenção básica", com  o Dr. Hiroki Shinkai, Prof. efetivo do Curso de Medicina da UFC de Sobral.



Local: Miniauditório da FAMED/UFC- Sobral 
Horário: 19 horas
Entrada Franca 

Novo implante 100% escondido restaura audição de surdos

Foto: Reprodução Daily Mail
Cirurgiões do NHS, Nacional Health Service, do Reino Unido, estão restaurando a audição de surdos com um novo tipo de implante interno, conhecido como “orelha biônica”. A boa notícia é que não há partes externas, que mostrem que a pessoa tem um aparelho implantado. O microfone, o processador e o motor a bateria são colocados sob a pele e dentro do crânio, próximo da orelha.

Depois de seis a oito semanas, ele é ligado e o paciente pode ouvir novamente. E pode até tomar banho com ele. Outros aparelhos auditivos, como implantes cocleares, possuem receptores de som externos que não podem ser usados durante atividades como banho, banho ou natação, quando a água pode danificar a eletrônica.

Como todos os componentes do novo dispositivo – batizado de Carina – estão totalmente implantados, os pacientes podem ouvir em todos os momentos. “Com este dispositivo, as pessoas podem nadar ou tomar banho sem ter para remover o seu aparelho auditivo, como acontece com os dispositivos convencionais. O implante fornece audição 24 horas por dia, 7 dias por semana”, diz professor Jaydip Ray, especialistas no Sheffield Teaching Hospital, que implantou três dos dez dispositivos que foram administrados em pacientes britânicos.

O Carina
Um controle remoto portátil permite aos usuários ligar, desligar e controlar o volume do Carina. O único equipamento externo é um pequeno carregador que se conecta sem fio. O Carina exige apenas 30 minutos de carga diariamente. O dispositivo é composto por três partes: um microfone que capta o som externo através da pele; um processador que transforma o som em sinais elétricos; e um motor que converte os sinais elétricos em vibrações mecânicas.

A cirurgia

A cirurgia para implantar a Carina dura três a quatro horas, com anestesia geral. Primeiro, uma incisão é feita na pele diretamente atrás do lóbulo da orelha e o microfone – do tamanho de uma moeda – é inserido entre a pele e o osso. O processador, medindo 1 ½ polegada, se aninha no osso grande, ao lado da cabeça. Finalmente, o motorzinho é colocado dentro de um tubo de plástico e parafusado no lugar, dentro da orelha média. Os pacientes ficam com uma pequena cicatriz e após seis a oito semanas, o aparelho auditivo é ligado com o controle remoto.

O primeiroO primeiro implante de Carina foi em 2011, em uma mulher que perdeu sua audição aos seis anos. Eles custou ao NHS um total de 30 mil libras, cerca de 120 mil reais. O Prof Ray garante que, em breve, a cirurgia ficará mais barata para os pacientes do NHS, por uma fração do preço de 12 mil libras, ou cerca de 50 mil reais. Para Linda Oxley, uma das primeiras no Reino Unido a ter o implante Carina, o aparelho auditivo revolucionário mudou sua vida. “Eu podia ouvir o trânsito, podia ouvir pessoas assobiando, cachorros atirem, até ouvir a coruja à noite. Eu posso sair e falar com as pessoas. Ela brincou: “Agora posso ouvir o meu marido roncar, então às vezes eu desligo na cama!”

Com informações do Daily Mail
http://www.sonoticiaboa.com.br

Alzheimer - Drª Juliana Martins (Médica Geriatra)

As mulheres parecem ter risco maior para o desenvolvimento da doença, mas talvez isso aconteça pelo fato de elas viverem mais do que os homens.

Os familiares de pacientes com DA têm risco maior de desenvolver essa doença no futuro, comparados com indivíduos sem parentes com Alzheimer. No entanto, isso não quer dizer que a doença seja hereditária.

Embora a doença não seja considerada hereditária, há casos, principalmente quando a doença tem início antes dos 65 anos, em que a herança genética é importante. Esses casos correspondem a 10% dos pacientes com Doença de Alzheimer.

Outros fatores importantes referem-se ao estilo de vida. São considerados fatores de risco: hipertensão, diabetes, obesidade, tabagismo e sedentarismo. Esses fatores relacionados aos hábitos são considerados modificáveis. Alguns estudos apontam que se eles forem controlados podem retardar o aparecimento da doença

****
 

Você sabia que existe um tipo de doença de Alzheimer que atinge pacientes entre 35-55 anos? É chamada de doença de Alzheimer de início precoce. Nestes casos, que felizmente representam uma pequena parte dos casos da doença (menos de 1% dos casos), a história familiar é o principal fator de risco. Isso porque são causados por mutações genéticas que são altamente penetrantes, significando que, quem as carrega, tem praticamente 100% de chances de desenvolver a doença ao longo da vida.

Drª Juliana Martins - Geriatria / CRM 12113
Marque sua consulta: (88) 36772310 ou 36772311
Rua: Maestro José Pedro, 407 - Centro - Sobral-CE
(Instituto Neurológico São Lucas) - 





Instituto Neurológico São Lucas





SERVIÇO

Previna o AVC em dez Passitos - Rede Brasil AVC

Pessoal. Vamos aprender a dançar e cantar os Dez Passitos para Prevenção do AVC? Vejam o primeiro ensaio!!! Coreografia bem simples, para todos poderem dançar, inclusive os pacientes, descontrair e movimentar a Campanha de AVC no país. Está lançado o desafio: cada grupo que quiser participar, até o dia 06 de Novembro envie um vídeo dos Dez Passitos na sua campanha, cantando e/ou dançando. Vamos escolher o melhor vídeo (jurados internacionais). Abaixo, a letra da música. Participem, compartilhem!!!

DEZ PASSITOS PARA PREVENR UM AVC

Se você quiser aprender a prevenir um AVC
Vem aqui cantar comigo oi
Sim, alguns velhos hábitos você vai precisar vencer
Não desista, preste atenção

Nos dez passitos
Cuide do seu peso faça exercício
Controle a dieta pra ter benefício
E procure ajuda pra parar seu vício
Dez passitos
O Açúcar e a gordura trazem malefício
Controle a pressão pra reduzir seu risco
E pro seu coração não sair do ritmo

Aumentar o investimento para prevenção
É o que vai garantir
Saúde e educação
Por isso vem aqui com a gente, vem cantar bonito
Que agora é a hora
De aprender os dez passitos
 
Rede Brasil AVC

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Médicos da Segunda Turma do Curso de Medicina de Sobral da UFC realizam encontro de 10 anos

Médicos formados da 2ª Turma do Curso de Medicina de Sobral da UFC (2002-2007)
No último fim de semana, sábado (14/10) e domingo (15/10), os médicos formados pela segunda turma (2002-2007) do Curso de Medicina de Sobral da Universidade Federal do Ceará (UFC), realizaram encontro de 10 anos da turma. O momento aconteceu no hotel Dom Pedro Laguna, em Aquiraz, reunindo, também esposas, esposos e filhos. O encontro, que foi organizado pelo médico psiquiatra, Dr. Paulo César Nobre, foi marcado por muitas recordações, deixando claro a perfeita sintonia e união da turma.

Médicos formados da 2ª Turma do Curso de Medicina de Sobral/UFC, esposos, esposas, filhos e filhas

2ª Turma do Curso de Medicina de Sobral da UFC (2002-2007)

Afrânio Tavares André
Alex Pessoa Aires
Ângela Christiane Braga de Lima
Antonio Flávio Queiroz de Oliveira
Camilla Frota Barroso
Carla Roberta Macedo de Sousa
Caroline Evy Vasconcelos Pereira
Ciro Lima Vinhote
Daniel Alves Maciel
Daniel Gomes Costa
Déborah Cabral Lima
Espártaco Moraes Lima Ribeiro
Eugênio Araújo Costa
Fernanda Almeida Nunes
Filipe Lino Bastos Vasconcelos
Francisco das Chagas Guilherme Júnior
Gerardo Aguiar Neto
Israel de Lucena Martins Ferreira
José Airton Ponte Dias Filho
José Antonio de Lima Neto
José Osmar Bezerra de Sousa Filho
Keven Ferreira da Ponte
Leandro Cordeiro Portela
Leonardo Oliveira Lopes Araújo
Lia Cordeiro Bastos
Marcel Levy Lopes Herbster Nogueira
Márcio José do Nascimento Aragão
Nadesna Martins Queiroz
Natália Paula Gomes
Nathércia Estevam Marinho
Paulo César Nobre Júnior
Rafael Nobre Lopes
Rafael Paiva Arruda
Rafael Queiroz de Sousa
Rafael Sousa Brito
Raphael Araújo Cunha
Raphael Landim Franco
Thiago Corrêa de Oliveira
Tiago Pessoa Tabosa e Silva
Vando Barbosa de Sousa
Vanessa Camargo Laub
Viviane Pereira de Araújo
**
Registro do Momento 
Dr. Rafael Arruda (urologista) e esposa e o colega Dr. Leandro Portela (cardiologista) e esposa
Dr. Rafael Arruda (urologista) e esposa

Ureterolitotomia - Dr. Bruno Mapurunga (Médico Urologista)

A ureterolitotomia (ou ureterolitotripsia) é um procedimento utilizado para quebrar cálculos que estão dentro do ureter e estão causando muita dor ao paciente.

Esse procedimento é realizado sob anestesia (geralmente raque). É colocado um aparelho bastante fino pelo canal urinário do paciente e é identificado o cálculo. O cálculo é então completamente fragmentado por esse aparelho. Após isso geralmente é colocado um cateter duplo J que é retirado dentro de algumas semanas. Geralmente a recuperação é rápida.

Os pacientes sentem muito alívio das dores após esse procedimento.

A Urologia é uma especialidade ampla e fascinante que atua no diagnóstico e tratamento de problemas genitais masculinos e todos os problemas relacionados ao trato urinário masculino e feminino.

Isso inclui rins, ureter, bexiga e uretra. Assim, o urologista é o médico habilitado a tratar problemas do trato urinário, desde crianças recém nascidas até pacientes bem idosos, tanto do sexo masculino e quanto do sexo feminino.
Faça check up anualmente com seu urologista e previna-se!

A melhora da eficiência no combate à tuberculose

O Laboratório de Bioinorgânica trabalha com a isoniazida, principal fármaco no combate à tuberculose (Foto: Jr. Panela/UFC)
Laboratório da UFC estuda formas de melhorar o atual tratamento da tuberculose, doença que ainda afeta 10 milhões de pessoas por ano
O mais recente relatório da Organização Mundial da Saúde assusta: a tuberculose registrou 10,4 milhões de casos no mundo em 2015; 84 mil apenas no Brasil. Desse total, 1,8 milhão de pacientes morreram, apesar de o tratamento já ser conhecido há mais de 60 anos. Isso porque, além dos enormes problemas nos sistemas de saúde pública dos países mais pobres, a doença apresenta características que atrapalham sua erradicação, como o longo tempo de tratamento, a alta resistência e a latência (adormecimento) das bactérias.

Estudar os compostos essenciais do tratamento da tuberculose e melhorá-los tem sido uma das preocupações do Laboratório de Bioinorgânica da Universidade Federal do Ceará. A pesquisa tem se voltado para a isoniazida, principal substância no combate à doença, que hoje enfrenta problemas sérios de resistência das bactérias.

O medicamento já foi melhorado pelo laboratório, gerando o IQG-607, um candidato a fármaco. Os pesquisadores já conseguiram comprovar que a nova substância possui capacidade de atacar as bactérias já resistentes ao fármaco original e tem um potencial muito menor de toxicidade.

 O Laboratório avalia a relação da isoniazida com compostos à base de ferro (Foto: Jr. Panela/UFC)
Coordenada pelo Prof. Eduardo Henrique Sousa, a equipe trabalha com diversas linhas de pesquisa, tendo se dedicado ao desenvolvimento de compostos anti-tuberculose à base de ferro. O IQG-607, por exemplo, é formado pela isoniazida cercada pelo grupo pentacianoferrato (Fe(CN)5).

Apesar de parecer mais tóxica pela presença de cianeto (altamente letal e utilizado em venenos), quando associado ao ferro e à isoniazida, a substância é menos danosa às células animais. Para comprovar isso, pesquisadores parceiros da Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS) realizaram o que chamam de teste com “doses em limite máximo” em camundongos.

ENTENDENDO A RESISTÊNCIA
Como a isoniazida é um pró-fármaco, ou seja, precisa de uma ativação da própria bactéria para que aja no organismo, o tratamento pode ser prejudicado, já que os micro-organismos criam resistência ao “perceber” que eles próprios ativam o remédio. “A nossa ideia é incorporar complexos metálicos, para ele funcionar como autoativador e não precisar do sistema enzimático da bactéria”, explica o Prof. Eduardo.

O próximo passo do IQG é justamente o teste em humanos (fase clínica I), quando os pesquisadores testarão essa possível rota de autoativação e, consequentemente, sua capacidade de vencer a resistência da bactéria. Essa fase deve ser realizada na PUC-RS, sede do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Tuberculose (INCT-TB).
O professor explica a necessidade de aprimorar a isoniazida, evitando que ela se torne ineficaz no combate à tuberculose, ao lembrar que as alternativas a ela não são tão vantajosas, tanto pela toxicidade quanto pela atuação menos eficaz. “Está chegando a um ponto em que, mesmo entre os fármacos de segunda e terceira linha, fica-se sem opção. Já há resistência a quatro fármacos simultâneos. É preocupante”, avalia.

“Não é fácil desenvolver fármacos que combatam essa bactéria, pois ela tem uma parede celular muito peculiar e hidrofóbica, quase como uma cera no lado externo, importante para sua sobrevivência”, explica. A eficácia da isoniazida, e consequentemente de compostos como o IQG que têm nela sua base, está na capacidade de desfazer essa parede.

O laboratório, em parceria com o INCT-TB e a PUC-RS, segue tentando identificar outras associações com a isoniazida, em compostos que precisam ainda atender a níveis de pureza e demonstrar potencial farmacológico.

LATÊNCIA

Outra pesquisa, ainda em fase inicial, investiga como driblar a latência das bactérias da tuberculose, um dos principais fatores que atrapalham sua erradicação. Estima-se que um terço da população tenha as bactérias adormecidas no organismo. O problema é que, se elas não forem totalmente eliminadas no tratamento, podem voltar a entrar em ação em um momento de baixa imunidade.
Professor Eduardo Henrique com seringa de isoniazida na mão, em laboratório (Foto: Jr. Panela/UFC)

O Prof. Eduardo Henrique é o coordenador do Laboratório (Foto: Jr. Panela/UFC)
O laboratório estuda agora as proteínas que levam ao estado de latência, no intuito de buscar formas de evitar esse processo. O Prof. Eduardo explica que essas proteínas funcionam a partir de sinais dados pelo organismo e enviam uma espécie de “recado” às bactérias para que elas se readaptem. “A literatura tem mostrado que o sinal é a falta de oxigênio. O organismo enclausura a bactéria em um granuloma, sem oxigênio. Ela adormece e pode ficar nesse estado por décadas”, esclarece.

O bloqueio desse processo de latência, além de garantir mais eficiência na erradicação total da bactéria, pode também contribuir para a diminuição do tempo de tratamento da tuberculose, hoje de pelo menos seis meses. “Esse tempo se dá justamente por conta das bactérias em latência. Com um fármaco já capaz de lidar com o problema desde o início, diminui-se esse tempo, um dos fatores que geram resistência”, diz o pesquisador.

Fonte: Prof. Eduardo Henrique Sousa, do Laboratório de Bioinorgânica – fone: 85 3366 9938 / e-mail: eduardohss@dqoi.ufc.br
Kevin Alencar  (Agência UFC)

Laboratório Clínico de Sobral realiza capacitação em coleta de sangue para as suas colaboradores

Foto: Divulgação
O Laboratório clínico de Sobral, sempre na vanguarda de uma prestação de serviços de qualidade e preocupada com o bem-estar dos seus clientes, também promove atualização e capacitação para os seus colaboradores. Com este propósito, nos 6 e 7 de outubro, a unidade central do Laboratório Clínico de Sobral recebeu Valeria Santo, profissional do Hemoce de Fortaleza, que realizou capacitação em coleta de sangue com as colaboradores da unidade. O momento contou com o acompanhamento do Dr. Antonio Ponte Parente.
Foto: Divulgação


Estatística do câncer de mama - Dr. Diego Bezerra (Cirurgião Geral - Cirurgião Oncológico)

É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.
Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.
Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.



visite o site: http://www.drdiegobezerra.com.br/