terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Prefeitura de Sobral intensifica ação de combate ao Aedes aegypti no distrito de São José do Torto

Secretário da Saúde, Dr. Gerardo Cristino, juntamente com a vice-prefeita, Christianne Coelho, durante ação no Torto
A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Saúde, iniciou, na manhã da última sexta-feira (13/01), no distrito de São José do Torto, grande mobilização de combate ao mosquito Aedes aegypti envolvendo o poder público e a comunidade.

Na ocasião, antes de sair para as visitas de casa em casa a vice-prefeita Christianne Coelho e o secretário da pasta Gerardo Cristino se reuniram com líderes comunitários, na Escola Municipal Elpídio Ribeiro, para falar sobre a intensificação do combate ao mosquito no Distrito e localidades vizinhas.

Para o secretário de saúde "é importante a prevenção e a promoção da saúde através de atividades que devem ser feitas diariamente pela população, pois é melhor prevenir as doenças do que tratá-las”, afirmou. Já a vice-prefeita Christianne Coelho usou de suas palavras para alertar que o poder público precisa de todos para combater o mosquito. “Ninguém é capaz de combater o mosquito sozinho, é necessário o envolvimento de todos, pois como vocês sabem um simples gesto pode salvar uma vida”. 

O trabalho da equipe técnica da secretaria da saúde consistiu em orientar os moradores sobre a necessidade de evitar focos do mosquito, mantendo quintais limpos, evitando possíveis focos e eliminando os já existentes. Durante a ação, o secretário da Saúde ajudou os agentes de combates a endemias na busca por focos do mosquito em caixas d’água, tanques e depósitos que podem acumular água.

Equipes de agentes de Limpeza Urbana também participaram da ação fazendo a limpeza em terrenos baldios e vistoriando imóveis. Todo o lixo retirado foi recolhido por caminhões de coleta, que também foram utilizados na ação.

O distrito de São José do Torto apresentou o segundo maior índice de infestação do Município, conforme dados do último ciclo de visitas realizado pelos agentes de combate a endemias, que ocorreu entre os dias 03 de outubro e 31 de dezembro de 2016.

Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Sobral
Por Manoel Cruz,

Seja Doador de Órgãos. Avise à sua família!

No Brasil, para ser doador de órgãos não precisa deixar nada por escrito. Basta conversar com sua família sobre sua vontade de salvar vidas. #DoeÓrgãos #DoeVidas


Quanto mais o corpo envelhece, mais precisa de cuidado. Isso porque nossos órgãos e músculos também desgastam, perdendo a força da juventude. É por isso que precisamos nos cuidar desde cedo, com boa alimentação e prática regular de exercícios físicos. E você, o que faz para se cuidar?
Conheça todas as unidades do Laboratório Clínico de Sobral 

Acidente de moto domina seguros por invalidez

Sofrer um acidente e em decorrência disso perder ou reduzir a funcionalidade de um membro ou órgão de forma permanente. Tornar-se inválido devido à imprudência no trânsito. Em 2015, foram pagas 63.241 indenizações do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) por invalidez no Ceará. Deste total, 56.544 dos indenizados no Estado, o equivalente a 89,4% foram de vítimas de acidentes que envolviam motocicletas, sejam condutores, passageiros ou pedestres.

A quantidade de ocorrências envolvendo motocicletas segue alarmante. Em média, 154 indenizações por invalidez foram pagas por dia no Ceará, em 2015, devido a este tipo de sinistro. Ao todo, no ano passado, 42.381 motociclistas, 13.160 passageiros e 5.152 pedestres do Ceará receberam indenizações do DPVAT por morte, invalidez ou despesas médico-hospitalares devido a ocorrências envolvendo motos.

Dentre os tipos de invalidez são consideradas permanentes para pagamento do Seguro DPVAT a perda total da visão, de ambos os braços, mãos, pés e pernas. O valor da indenização pago depende, justamente, da ou das áreas atingidas e da proporção das lesões.

Mais informações:

Orientações sobre acesso ao Seguro DPVAT podem ser conferidas nos sites:


Portal.Detran.Ce.Gov.Br

Sobral sediará Congresso Internacional Saúde

Sobral será sede entre os dias 31 de maio e 3 de junho de 2017 do Congresso Internacional Saúde e Sociedade, fruto de parceria entre a UVA, UFC e Escola de Formação em Saúde da Família Visconde Saboia. A Conferência de abertura já está  confirmada e será proferida pela Professora Maria Cecilia Minayo coordenadora do Projeto Claves, da Fiocruz. A primeira reunião de planejamento aconteceu na semana passada na UVA e foi coordenada pela vice reitora Isabelle Mont’Alverne.
Fonte: Blog Sobral em Revista

Dica do Blog sobre Hanseníase


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Registro de Aniversário do médico Dr. João Evangelista

Dr. João Evangelista recebe festa surpresa na Santa Casa no seu aniversário, 16 de janeiro
O Blog Encontro Com a Saúde recebeu, do nosso amigo Danilo Neves, o registro de festa de surpresa para comemorar o aniversário do médico oncologista, Dr. João Evangelista, que coordena o Serviço de Oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS). 
Equipe de trabalho do Serviço de Oncologia da Santa Casa presta homenagem ao Dr. João Evangelista 
Na oportunidade, o conceituado médico foi festejado na manhã desta segunda-feira, 16 de janeiro, pela a equipe médica e de enfermagem da Oncologia/SCMS, além de familiares, amigos e pacientes.

Acadêmico do Curso de Enfermagem da UVA apresenta Trabalho de Conclusão de Curso sobre Perfil dos Pacientes Hemofílicos Assistidos no Hemoce de Sobral

Momento da apresentação do trabalho de Francisco Gomes aos professores da Banca Examinadora do seu TCC
O enfermeiro Francisco José Gomes, até por volta das 11h da sexta-feira, dia 13, ainda era um acadêmico do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Foi na manhã deste dia que ele defendeu o seu Trabalho  de Conclusão de Curso (TCC), no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UVA. Na sala de aula 4 do CCS, com a presença dos amigos de trabalho e do Curso de Enfermagem/UVA, Francisco José Gomes apresentou seu trabalho para obtenção do diploma  de Enfermeiro, que lhe permite o exercício da profissão. 
Prof. Sérgio Linhares, Enfº. Francisco Gomes, Prof. Meton Vasconcelos e Profª Raila Souto
Na ocasião, ele expôs o resultado da sua pesquisa intitulada: "O Perfil do Paciente Hemofílico Assistido na Macrorregião Norte do Estado do Ceará", à banca examinadora formada pelo Prof. Msc. José Sérgio Ponte (orientador), Profª Msc. Raila Souto Pinto (co-orientadora) e Prof. Francisco Meton de Vasconcelos (examinador), que avaliou o TCC.
Amigos de trabalho da UFC e do Curso prestigiaram a defesa do TCC do  Enfº. Francisco Gomes no CCS/UVA
Ao final da apresentação, sob aplausos dos professores e amigos presentes ao evento, o TCC de Francisco José Gomes foi aprovado por unanimidade pela Banca Examinadora. "Este trabalho apresentado pelo agora Enfermeiro, Francisco José Gomes, que traça o perfil dos pacientes hemofílicos assistidos pelo Hemoce de Sobral, tem uma grande importância para a linha de pesquisa nesta área. A partir daí, abre-se uma grande perspectiva de outras pesquisas com este grupo, cujos resultados venham contribuir para uma melhor qualidade de vida dos pacientes hemofílicos", ressalta a Profª Raila Souto Pinto. 
O  Enfº. Francisco Gomes com as amigas do Curso de Enfermagem da Universidade Vale do Acaraú (UVA)

Itabuna: Santa Casa propõe parcelamento de 13º de funcionários em 6 vezes

Foto: Divulgação
A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI), no sul da Bahia, pretende parcelar em seis vezes o pagamento do 13º salários dos funcionários da instituição. De acordo com o Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do estado (Sinfito-BA), a proposta seria pagar 50% do valor nesta quarta-feira (11) – o que já foi quitado – e o restante ser dividido em cinco parcelas. Pela lei, o valor integral deveria ter sido pago até o dia 20 de dezembro do ano passado. O presidente do Sinfito-BA, Gustavo Vieira, contou que a proposta só foi feita nesta semana. “Eles disseram que pagariam metade agora, e pagaram na última quarta, mas nenhum sindicato aceitou a proposta. [...] Nós já acionamos nossa assessoria e, assim que acabar o recesso do Judiciário, vamos judicializar”, garantiu o presidente. O sindicato questiona, ainda, uma festa que será realizada no final do mês em homenagem aos 100 anos da instituição. “Alega que está sem dinheiro para pagar os trabalhadores, mas gastarão com festa para convidados”, critica. Procurada pelo Bahia Notícias, a assessoria da SCMI confirmou a proposta de parcelamento do 13º salário, mas negou que a instituição arcará com a festa. De acordo com o órgão, o evento será totalmente pago por empresas parceiras, por meio do projeto Amigo Centenário.
BN Saúde

*****
Comentário da Notícia

Fachada da Santa Casa de Misericórdia de Sobral/CE
A dificuldade financeira vivenciada pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna na Bahia, que não consegue pagar o 13º dos seus funcionários, como deveria, não mostra nada de novo no cenário da saúde brasileira. A falta de recursos para investir na saúde é generalizada e não existem perspectivas de melhorias a curto prazo.
Apesar de toda dificuldade financeira, que também vivencia a Santa Casa de Misericórdia de Sobral,  a sua posição é um pouco mais confortável do que a sua co-irmã baiana. Enquanto a Santa Casa de Itabuna entra na manchete por falta de pagamento, a de Sobral aparece promovendo investimentos, realizando processos seletivos, com os salários de seus colaboradores em dia e outras manchetes bem positivas. (Confira nos links abaixo). 







Considerando este quadro comparativo, é importante que todo sobralense, bem como a população da zona Norte do Estado do Ceará, defenda e apoie a Santa Casa de Misericórdia  de Sobral pela segurança que ela representa na assistência à saúde secundária e terciária de quem necessita do Sistema Único de Saúde (SUS).

Apresentação de Trabalho de Conclusão de Residência Médica na Santa Casa de Sobral no DEPE

Membros da Banca Examinadora observam apresentação da Drª Luiza Helena Amorim
Na manhã do último sábado(14), a médica Luiza Helena Maia Amorim concluiu a sua formação na Residência Médica da Universidade Federal do Ceará (UFC) na Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), na área de Clínica Médica. O seu trabalho para obtenção do título de especialista em Clínica Médica teve como tema: Volume Plaquetário Médio como Preditor de Risco para Infarto Agudo do Miocárdio: Revisão de Literatura, que foi submetida à apreciação de Banca Examinadora.
Dr. Henrique Gurgel, Drª Luiza Helena Amorim, Dr. Vicente Monte e Dr. Ronaldo Graça
A Banca foi composta pelos médicos: Dr. José Ronaldo Vasconcelos da Graça (Orientador/Prof. do Curso de Medicina da UFC Sobral),  Dr. Vicente Lopes Monte Neto (Examinador/Prof. do Curso de Medicina da UFC Sobral) e Dr. José Henrique Gurgel (Examinador). Depois das devidas considerações dos membros da Banca Examinadora, o trabalho da  Drª Luiza Helena Maia Amorim foi aprovado. O evento aconteceu em sala de aula do Departamento de Ensino Pesquisa e Extensão (DEPE) da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.   

Janeiro é o mês de conscientização e combate ao câncer de colo do útero - Dr. Diego Bezerra (Cirurgião Geral - Cirurgião Oncológico)

Neste mês, a cor verde piscina ganha destaque como parte da campanha internacional que tem o objetivo de conscientizar e alertar a população feminina sobre a prevenção do câncer de colo do útero.

O câncer de colo do útero é o terceiro tumor mais frequente na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres no Brasil. Todo ano, 5 mil mulheres morrem vítimas do câncer de colo do útero no Brasil.

A principal causa de câncer de colo do útero é a infecção pelo HPV, responsável por praticamente 100% dos casos de câncer de colo de útero. A infecção por este vírus é uma doença sexualmente transmissível, que acomete grande número de adultos em algum momento de suas vidas. A persistência do HPV por longos períodos de tempo, estimula o surgimento de alterações no DNA das células, podendo ser responsável pelo aparecimento do câncer.

O câncer de colo de útero tem o desenvolvimento lento e em fase inicial, costuma não apresentar sintomas, por isso é importante consultar o médico ginecologista periodicamente e realizar os exames de rotina anualmente.

O diagnóstico compreende a realização de exames como Citopatologia (estudo das células do organismo com auxílio de microscópio, chamado de exame Papanicolaou), colposcopia (exame feito com auxílio de um colposcópio que amplia o órgão de 4 a 50 vezes, com o objetivo de procurar alterações no epitélio que recobre a vulva, vagina e o colo do útero) e biópsia (procedimento no qual se colhe uma amostra de tecido da região a ser analisada por um médico patologista). O câncer de colo do útero tem cura, especialmente quando ele é diagnosticado e tratado precocemente, ainda em suas fases iniciais.

O uso de preservativo durante a relação sexual, a vacinação contra HPV, em conjunto com os exames preventivos (como o Papanicolaou e a colposcopia) são importantes ferramentas na prevenção do câncer de colo do útero. Todas as mulheres, mesmo as vacinadas, devem fazer o exame preventivo periodicamente (a partir do início da vida sexual), pois a vacina não protege contra todos os tipos de HPV.

Do nosso colaborador Dr. Mário Timbó (Médico Dermatologista)

As peles morenas e negras, apesar de não sofrerem grandes alterações em seu tom, sofrem dos mesmos danos pelos raios UVA e UVB dos demais tons de pele, como diminuição da resistência da pele, ressecamento e aumento nas chances de ter o câncer da pele, e por isso precisam também de proteção. O fator de proteção solar indicado é de 30 para cima, como nos demais tons.


"Dr Mário Timbó, porque sua pele merece o melhor"

Dr. Mário Timbó, dermatologista, CRM: 9879 - RQE: 6790

Nova droga promissora pode reduzir melanoma em até 90%

Foto: New England Journal of Medicine
Pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan, EUA, descobriram um composto químico capaz de reduzir em 90% a propagação de células de melanoma, a forma mais perigosa de câncer de pele.

O composto de moléculas pequenas, feito pelo homem, vai atrás da capacidade de um gene e certas proteínas que fazem com que a doença se espalhe.

“Nosso composto químico é o mesmo que estamos trabalhando para tratar a esclerodermia doença, que agora percebemos, funciona eficazmente sobre este tipo de câncer”, disse Richard Neubig, professor de farmacologia e co-autor do estudo.

Escleroderma é uma doença auto-imune rara e muitas vezes fatal que provoca o endurecimento do tecido da pele e de órgãos como os pulmões, coração e rins.

Os mesmos mecanismos que produzem fibrose, ou espessamento da pele, na esclerodermia, também contribuem para a propagação do câncer.

A co-autora do estudo, Kate Appleton, disse que a descoberta pode ser eficaz na luta contra o câncer de pele mortal, que é responsável por 10.000 óbitos nos EUA a cada ano.

“Uma razão pela qual a doença é tão fatal é que ele pode se espalhar por todo o corpo muito rapidamente e atacar órgãos distantes, como o cérebro e os pulmões.”

A pesquisa
Através de suas pesquisas, Neubig e Appleton descobriram que os compostos foram capazes de parar as proteínas, conhecidas como fatores de transcrição relacionados com Myocardin, ou MRTFs, de iniciar o processo de transcrição de genes descrito acima em células de melanoma.

Essas proteínas desencadeadoras são inicialmente ativadas por outra proteína chamada RhoC, ou homologia C de Ras, que é encontrada em uma via de sinalização que pode causar a doença se espalhar agressivamente no corpo.

O composto reduziu a migração de células de melanoma em 85 a 90 por cento.

A equipe também descobriu que o medicamento potencial reduziu muito tumores especificamente nos pulmões de ratos que tinham sido injetados com células de melanoma humano.

Foi aí que os pesquisadores encontraram a proteína de sinalização MRTF como um novo alvo.

Appleton disse que descobrir quais pacientes têm esse caminho ativado é um importante passo no desenvolvimento de seu composto. Isso os ajudaria a determinar quais pacientes seriam os mais beneficiados.

“Podemos procurar a ativação das proteínas MRTF como um biomarcador para determinar o risco, especialmente para aqueles em fase inicial melanoma” e, assim, efetivamente bloquear a migração do câncer.

Segundo Neubig, se a doença é detectada precocemente, a chance de morte é de apenas 2%. Se pego tarde, esse número sobe para 84%.

Com informações da Michigan State University e GoodNewsNetwork

Dicas para homens que querem perder barriga


Reflexão da Semana

domingo, 15 de janeiro de 2017

Músico canta e toca ao passar por cirurgia de retirada de tumor no cérebro

Foto: Reprodução / EPTV
Após ser identificado com um tumor no cérebro, o músico Felipe Reis (nome artístico), Reginaldo Oliveira Santos Junior, de 31 anos, precisou passar por uma cirurgia, na qual cantou e tocou violão. O procedimento aconteceu na sexta-feira (13), no hospital de Barretos (SP), para a retirada do tumor que teria sido diagnosticado há um ano e meio. Em entrevista ao G1, Reginaldo contou como recebeu a notícia de fazer a operação acordado e tocando. "Eu achei uma coisa muito louca. Toco mais música nacional, sertanejão, mas em bar você faz um pouco de tudo, como MPB. O doutor mesmo falou, 'a gente quer que seja um espetáculo porque a gente ainda não teve essa oportunidade'", disse. O tumor encontrado em Reginaldo pode afetar a parte motora e a fala, e, para não comprometer partes do cérebro, nem deixar sequelas, os médicos fizeram a proposta da cirurgia acordado. Trabalhando com música há 13 anos, Reginaldo cantou e tocou enquanto os médicos do Hospital de Câncer de Barretos realizaram a operação. “O objetivo de realizar a cirurgia com o paciente acordado é preservar as funções do mesmo, para que ele tenha uma qualidade de vida após a operação. 
Antes, quando a gente operava áreas desse tipo com o paciente totalmente anestesiado, às vezes o cirurgião poderia ser um pouco mais agressivo e isso acabava tendo consequências, pois o paciente poderia acordar com um déficit, uma sequela”, explicou ao G1, o neurocirurgião Carlos Afonso. A operação foi realizada com sucesso e o paciente está se recuperando no hospital. De acordo com os especialistas responsáveis, Reginaldo será monitorado e haverá avaliação para saber se necessitará passar por outros procedimentos, como quimioterapia ou radioterapia. 
BN Saúde

sábado, 14 de janeiro de 2017

Pesquisa - Pacientes da Santa Casa de Sobral consideram atendimento bom ou ótimo

Questionário aplicado junto aos pacientes e acompanhantes no mês de dezembro apontou que para 98,7% deles o atendimento é bom ou ótimo. A pesquisa ouviu 949 usuários em 18 setores do hospital

O atendimento com qualidade e misericórdia aos pacientes da Santa Casa de Sobral é uma prioridade de todos os setores. O esforço é reconhecido pelos usuários do hospital. Pesquisa da Ouvidoria do hospital apontou que 98,7% dos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e seus acompanhantes consideram o hospital e o atendimento de médicos e da equipe de enfermagem bom ou ótimo. O levantamento foi realizado em dezembro do ano passado e ouviu 949 usuários em 18 setores do hospital. O objetivo é avaliar o nível de satisfação dos pacientes atendidos pelo SUS.

Entre os que responderam a pesquisa, 937 pessoas (98,7%) disseram ter um conceito bom ou ótimo do atendimento geral no hospital. A pesquisa é realizada junto aos pacientes através de questionário estruturado composto por 11 perguntas, abordando: perfil do usuário, qualidade da alimentação, conforto das instalações, limpeza do hospital, localização, qualidade no atendimento dos médicos, enfermeiros, copa, porteiros, recepcionistas e informações recebidas.

Os setores avaliados pela pesquisa foram: Emergência, Ortopedia, Ambulatório, Casas de Saúde São José e São Joaquim, Neurologia, Neurorradi, Pediatria, Quimioterapia, Oncologia, Maternidade, Tomografia, Raios-X, Sala de Recuperação, Laboratório, Hemodiálise, UTI Pediátrica e Casa da Mamãe.

Entre as principais sugestões dos usuários estão a necessidade de melhorar a comunicação entre funcionários e pacientes. Além disso, dentre os itens pesquisados, o maior número de insatisfações é pelo tempo de espera. “Apesar da existência do tempo de espera, os pacientes são conscientizados sobre o porquê da demora”, destacou a ouvidora Sandra Damasceno. A Santa Casa de Sobral é um hospital portas abertas referência em alta complexidade que recebe pacientes de 55 municípios.

Sobre a pesquisa

A Ouvidoria da Santa Casa realiza pesquisa em vários setores do hospital, desde os ambulatoriais até internações, avaliando o grau de satisfação/insatisfação dos usuários junto à instituição. A pesquisa é um instrumento que visa facilitar as observações de campo, comprovando ou não a existência de variáveis que venham interferir no atendimento. O Hospital possui Serviço de Ouvidoria desde o ano de 2001.

Segundo informações da Ouvidoria, o entrevistador (ouvidora) vai aos leitos de cada enfermaria abordando o paciente e, quando possível, seus familiares e acompanhantes. A escolha dos usuários para a entrevista é feita de modo aleatório, conforme método probabilístico simples. A amostra colhida é fixada a um universo de aproximadamente 10% do público que procura o hospital.

Para elogios, críticas e sugestões:
Ouvidoria Santa Casa:
Telefone: (88) 3112-0439
E-mail: ouvidoria@stacasa.com.br


Fonte: http://stacasa.com.br/site/

Terezinha Fernandes (Assessoria de Imprensa/SCMS)

Câncer do Pulmão. Previna-se! - Dr. Diego Bezerra (Cirurgião Geral - Cirurgião Oncológico)

Os sintomas mais comuns do câncer de pulmão são a tosse e o sangramento pelas vias respiratórias. Previna-se!

Mãe com câncer raro melhora após tratamento experimental

Antes e depois da imunoterapia - Fotos: arquivo pessoal
Uma paciente, mãe de três crianças, teve uma melhora impressionante depois de conseguir um financiamento coletivo para fazer um tratamento experimental – e caro – em uma clínica particular.

As fotos acima mostram Liz Sheppard, de 36 anos, antes e depois da imunoterapia (detalhes abaixo).

Os médicos haviam dito que ela teria 1 ano de vida, após ser diagnosticada com um tipo raro de câncer em 2015, que depois evoluiu para um grande tumor no pescoço.



O tratamento que ela fez ainda não foi aprovado pela NHS, a agência de saúde da Inglaterra, mas já é bem vista por alguns médicos especialistas.

“O tratamento nunca foi testado para o meu tipo de câncer, então, eu paguei para experimentá-lo”, disse ela à BBC.

“Eu tinha um tumor enorme no meu pescoço que era como uma bola de golfe, mas um dia eu acordei e o tumor tinha ido embora”, contou.

A paciente, que é de Nottinghamshire, pediu doações para que conseguisse pagar pela imunoterapia particular e já viu resultados notáveis.

Ajuda

“Eu tive uma resposta fantástica, mas o dinheiro está acabando e é uma situação da vida ou da morte.”

O tratamento é caro: custa quase £6,000 – mais R$ de 21 mil – a cada duas semanas.

Ele é feito no Leaders in Oncology Care (LOC), um centro especialista em tratamento de câncer, em Londres.

Liz fez uma vaquinha eletrônica na página JustGiving e está pedindo £ 20 mil – cerca de R$ 78 mil . Até agora, ela conseguiu pouco mais de £ 8.500 – R$ 30 mil.

Os amigos, a família e a comunidade de Mansfield Woodhouse, onde ela mora, estão divulgando a campanha para levantar dinheiro rápido, para que Liz consiga continuar fazendo esse tratamento experimental.

Imunoterapia
A imunoterapia usa o sistema imunológico do corpo do paciente para combater o câncer.

Nosso sistema imunológico é como uma força policial, que nos protege de invasores e doenças.

Normalmente nosso sistema imunológico mancha e destrói células defeituosas – como as de câncer – mas às vezes elas podem escapar à detecção e se transformar em tumores.

Em vez de atacar as células cancerosas, como fazem muitas drogas tradicionais contra o câncer, a imunoterapia desperta o sistema imunológico para que ele possa enxergar o câncer e detê-lo.

Já existem vários tratamentos de imunoterapia, que estão se mostrando uma promessa considerável, informa a BBC.

História
Liz Sheppard foi diagnosticada com um tipo raro de câncer de estômago, em 2015.

Depois de 6 sessões de quimioterapia e 15 de radioterapia, os médicos informaram que um novo e devastador tumor havia surgido. Ela foi informada que teria 1 ano de vida.

“A primeira coisa que pensei foi nas minhas 3 filhas lindas, que na época tinham 14, 8 e 3 anos”, conta.
Foto: JustGiven

Com informações do DailyMail e BBC
Fonte: http://www.sonoticiaboa.com.br/  

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Inaugurada em Sobral a MedLab. Clínica e Imagem

A MedLab está Localizada na Cameron Tower (ao lado do North Shopping Sobral)
Na noite desta quarta-feira (11), foi inaugurada a MedLab, Clínica e Imagem. A MedLab tem como proposta ser um centro de especialidades que integra, em um mesmo lugar, atendimento profissional de alto nível com exames complementares.
Dr. Célio Filho, Drª Juliana Pontes, as nutricionistas: Lia Albuquerque, Lélia Sousa, Leilah Monte e Dr. Luiz Derwal
"A tendência nos dias do hoje é que tenhamos agilidade na resolução das nossas necessidades, por isso na MedLab o paciente pode realizar exames laboratoriais com um renomado laboratório clínico que é o Larbos, e realizar exames de ultrassonografias, ECG e EEG. O foco da MedLab é o paciente, por isso buscamos um espaço agradável e aconchegante com conceituados profissionais", explica o Dr. Célio Filho, que integra o corpo clínico da MedLab. 

A MedLab está Localizada na Cameron Tower (ao lado do North Shopping Sobral), e o atendimento pode ser marcado pelos telefones: (88) 3614-4600, (88) 9.9779-9000 ou (88) 9.9433-4070. Profissionais conceituados e um ambiente confortável para atender Sobral e toda população da zona Norte. 
A MedLab conta com uma conceituada equipe de profissionais da saúde
Corpo Clínico
Dr. Luiz Derwal (  Nefrologista) 
Dr. Célio Costa Filho (Clínica Médica)
Dr. André Luiz (Ginecologista e Ultrassonografista)
Dr. Bruno Mapurunga (Urologista)
Dr. Darlan Alves (Angiologista e Cirurgião Vascular)
Drª Juliana Pontes (Dermatologista)
Drª Ana Paula Fernandes (Nutricionista) 
Drª Leilah Monte Coelho (Nutricionista) 
Drª Lia Albuquerque (Nutricionista) 
Dr. Sérgio Linhares (Ortopedista)
Dr. Alysson Feijão Medicina do Trabalho e Ultrassonografista)
Registro do Momento